Bauru e grande região

Nacional

Adolescente é encontrada morta após ter sua foto seminua publicada na Internet

por Folhapress

20/11/2013 - 17h05

Reprodução Facebook

Giana Laura Fabi foi mais uma vítima do mau uso das redes sociais

Uma adolescente, de 16 anos, foi encontrada enforcada em Veranópolis (a 176 quilômetros de Porto Alegre-RS). A suspeita da polícia é que Giana Laura Fabi tenha cometido suicídio depois de descobrir que uma foto dela seminua foi publicada na Internet.

A família relatou à polícia na tarde desta terça-feira (19) a possível ligação do suicídio com a foto. A jovem foi achada em casa já morta na última quinta-feira, enforcada com um cordão de seda.

Segundo o delegado Marcelo Ferrugem, um amigo da adolescente repassou a foto em uma mensagem privada numa rede social. Na imagem, Giana mostra os seios.

Uma amiga da adolescente, que recebeu a foto, alertou Giana. A colega contou à polícia que a jovem ficou transtornada.

Naquela tarde, ainda segundo o delegado, a mesma amiga viu uma mensagem de Giana num microblog em que dizia que daria um fim à própria vida para não ser um estorvo para ninguém. Ela tentou diversas vezes falar com Giana por telefone, mas ninguém atendeu.

Nesta quarta-feira (20), o delegado ouviu o rapaz de 17 anos apontado como quem postou as fotos. Ele confirmou que a captação da imagem ocorreu há seis meses, durante uma conversa dele com Giana pelo Skype. Ele pediu a ela que mostrasse os seios e, nesse momento, gravou a imagem em formato de foto.

Foi essa foto que repassou a outros quatro amigos, segundo disse em depoimento. Os quatro citados serão ouvidos pela polícia.

Maiores de idade que repassaram as imagens podem responder pelo crime previsto no artigo 241 do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) - divulgar cenas impróprias envolvendo menores de idade. A pena varia de três a seis anos de prisão.

O adolescente que repassou as fotos, segundo Ferrugem, dificilmente deve ser internado, mas responderá com alguma medida socioeducativa, como prestação de serviço à comunidade.

Antes do possível suicídio, Giana postou uma mensagem de "despedida" em sua conta aberta do Twitter, que foi comentada por uma de suas amigas, quando a sua morte se tornou pública na imprensa.