Bauru e grande região

 
Nacional

Deputados aprovam antecipação de feriado de olho no isolamento

O feriado da Revolução Constitucionalista de 1932, celebrado em 9 de julho, foi antecipado para esta segunda no Estado

por Agência Brasil

23/05/2020 - 06h00

Sessão na Assembleia Legislativa que avaliou proposta de João Doria avançou a madrugada

São Paulo - A Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp) aprovou na madrugada de desta sexta (22) o projeto de lei que antecipa para a próxima segunda-feira (25) o feriado estadual  da Revolução Constitucionalista de 1932, celebrado em 9 de julho. A mudança foi proposta pelo governador do estado, João Doria, em uma tentativa de ampliar o isolamento social em São Paulo.

Na Capital paulista, já foram antecipados os feriados de Corpus Christi e da Consciência Negra para quarta (20) e quinta (21). A sexta (22) foi declarada ponto facultativo pela Prefeitura de São Paulo, para criar um megaferiado com a emenda com o fim de semana e também com a segunda, conforme aprovado pela Alesp.

ISOLAMENTO

Na cidade de São Paulo, o primeiro dia de feriado registrou 51% de adesão ao isolamento social, segundo o sistema utilizado pelo governo federal que monitora os deslocamentos da população a partir dos telefones celulares. No restante do estado, o índice havia ficou em 49% .

A taxa de isolamento social na Capital paulista na quinta (21), ficou em 52%, melhor índice para uma quinta desde março. Os dados foram divulgados nesta sexta (22), pela Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico e Social, e é resultado do feriadão decretado pelas autoridades municipais para tentar frear o avanço do coronavírus na cidade.

No Estado, a taxa foi menor, de 49%, uma vez que as demais cidades não anteciparam o feriado, como foi feito na Capital. Na noite desta quinta, entretanto, a Assembleia Legislativa aprovou projeto de lei que antecipa para a próxima segunda-feira (25), o feriado da Revolução Constitucionalista, de 1932, que é comemorado no Estado em 9 de julho. Esse feriado valerá para todo o Estado, incluindo também a capital, criando um fim de semana prolongado.

Se os índices se mantiverem superior a 50%, esta terá sido a melhor semana desde a segunda semana da quarentena, em 29 de março. Na quarta, primeiro dia do feriado, a taxa foi de 51%.Os índices, entretanto, ainda estão bem abaixo do que as autoridades de saúde do Estado consideram como ideal: 70%.

Na semana que vem, após o feriadão, Prefeitura e governo do Estado devem anunciar as mudanças da atual quarentena, que acaba no dia 31.

Ler matéria completa