Bauru e grande região

 
Nacional

Gafanhotos: menos perigosos

por Estadão Conteúdo

30/06/2020 - 05h00

Porto Alegre - Mais próximos, menos perigosos. Segundo o Serviço Nacional de Saúde e Qualidade Agroalimentar da Argentina (Senasa), a nuvem atualmente está localizada 55 quilômetros a oeste de Curuzú Cuatiá, a 180 quilômetros de distância do município de Barra do Quaraí, no Rio Grande do Sul. As autoridades argentinas informaram que os resultados se deram após ações aéreas realizadas pela província de Corrientes.

Neste domingo (28) o órgão e a província iniciaram ações conjuntas para controlar a nuvem de gafanhotos. Dessa vez, porém, as medidas foram terrestres. Técnicos usam produto químico.

Ler matéria completa