Bauru

Nacional

Procurador de Registro que atacou colega é suspenso

Delegado pediu à Justiça a prisão preventiva contra o agressor

por Agência Brasil

23/06/2022 - 05h00

Registro - A Prefeitura de Registro, no Vale do Ribeira, suspendeu ontem (22) preventivamente Demétrius Oliveira de Macedo do cargo de procurador.

Macedo foi filmado dando socos, chutes, xingando e espancando a também procuradora Gabriela Samadello Monteiro de Barros, sua chefe, dentro do ambiente de trabalho, ela ficou ferida e com hematomas no rosto.

Os vídeos sobre a agressão à procuradora, que caíram rapidamente nas redes sociais, também mostram Macedo empurrando com força outra funcionária contra a porta.

A suspensão do procurador por 30 dias prevê também a interrupção do salário dele. Macedo deverá ser submetido a processo administrativo que pode concluir por sua exoneração. Após ter ouvido o agressor e a vítima, o delegado Daniel Vaz Rocha, do 1º Distrito Policial de Registro, informou ter pedido à Justiça a prisão preventiva do procurador.

HOSTILIDADE

O Ministério Público de São Paulo  designou dois promotores de Justiça, ambos com atuação em Registro, para investigar a agressão.

Antes da agressão à colega, um processo administrativo já havia sido aberto contra Macedo para apurar denúncias de hostilidade com outra funcionária da repartição. 

Ler matéria completa

×