Bauru e grande região

Polícia

Acusado de roubos com uso de gargalo de garrafa é preso

Paulo Rodrigues 'Pikachu' é suspeito de vários crimes na região do Pq. Vitória Régia; comparsa também é procurado

por Marcele Tonelli

30/04/2019 - 07h00

Polícia Civil/Divulgação
Imagens do circuito de segurança de uma casa na rua Irmã Arminda mostram roubo em 5 de abril

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Investigações Gerais (DIG), esclareceu dois roubos ocorridos em Bauru nos dias 23 de abril e 5 de março, em que as vítimas foram atacadas com uso de gargalo de garrafa na região da Nações Unidas, altura do Parque Vitória Régia. Conhecido como Pikachu, João Paulo Rodrigues de Souza, de 27 anos, foi detido nas últimas semanas pela Polícia Militar (PM) e teve a prisão temporária convertida em preventiva pela Justiça na última sexta-feira. A Polícia Civil investiga a participação dele em outros dois crimes e aguarda a comunicação de um terceiro caso, todos com o mesmo modus operandi.

O próximo passo das investigações é identificar e localizar o comparsa que atuaria com o acusado. "Mas, com a prisão dele, a tranquilidade já deve se restabelecer naquela região", afirma o delegado assistente da DIG Giuliano Travain. "Investigamos, ao menos, quatro roubos qualificados com o mesmo modus operandi, praticados por lá entre março e abril. Todos eram cometidos entre 00h e 2h. As pessoas eram abordadas por uma dupla e um deles colocava um gargalo de garrafa no pescoço de uma das vítimas, enquanto o outro suspeito fingia estar armado", explica o delegado.

Em todos os crimes, os assaltantes buscavam celulares e dinheiro. João Paulo foi detido na tarde do dia 17 de abril pela PM, após o setor de inteligência receber a informação de que o possível autor dos crimes seria um homem conhecido como Pikachu. Imagens do circuito de segurança de uma casa na rua Irmã Arminda, onde um casal de estudantes de 26 e 21 anos foi atacado pela dupla, no dia 5 de abril, ajudaram nas investigações.

Polícia Civil/Divulgação
Polícia divulgou foto de João Paulo Rodrigues de Souza

Além deste casal, João Paulo também foi reconhecido por um fotógrafo de 23 anos, que foi atacado da mesma forma na noite de 23 de março, enquanto aguardava um Uber nas imediações do Parque Vitória Régia.

CASO NOTICIADO

Na edição do dia 9 de abril, o JC noticiou roubo contra um casal ocorrido no Parque Vitória Régia. O marido de 24 anos e a esposa de 25 contaram que foram atacados por uma dupla, na noite de 6 de abril, próximo às escadarias do parque. Durante abordagem, o homem teve escoriações no pescoço provocadas por um gargalo de garrafa, usado pelos assaltantes.

Travain acredita que este pode ser mais um crime com a participação do detido e diz que aguarda o comparecimento das vítimas na Central de Polícia Judiciária (CPJ), localizada na avenida Rodrigues Alves.

O delegado tenta localizar também mais duas vítimas de outros dois crimes registrados em boletins de ocorrências entre março e abril, naquela região. Nos registros, há relatos de roubos cometidos com uso de gargalo de garrafa.

"Com a divulgação da imagem dele (acusado), acreditamos que mais vítimas, além desses cinco casos, poderão surgir", finaliza Travain.

SERVIÇO

Pistas sobre o segundo suspeito podem ser fornecidas por meio do 190 (PM) ou 181 (Polícia Civil).