Bauru e grande região

Polícia

Assaltantes fazem dois roubos e esfaqueiam duas vítimas em Bauru

Rapaz de 23 anos e garota de 21 foram detidos e um menor de 14 anos apreendido , acusados de roubar e esfaquear duas pessoas na Getúlio e região da Falcão

por Marcele Tonelli

06/07/2019 - 15h50

Polícia Militar/Divulgação
Uma das duas facas apreendidas dentro do carro em que o grupo seguia estava suja de sangue

Dois jovens de 23 e 21 anos foram presos e um adolescente de 14 anos apreendido, na madrugada deste sábado (6), em Bauru, acusados de roubar e esfaquear vítimas em dois assaltos distintos, ocorridos na mesma noite na cidade. Horas após os roubos, eles acabaram presos pela Polícia Militar (PM), mas, antes, protagonizarem fuga pelo bairro Fortunato Rocha Lima, que terminou com perseguição policial e tiros. Nenhum dos assaltantes foi atingido.

O primeiro assalto ocorreu no final da noite de sexta-feira (5) contra um grupo de jovens que andava pela quadra 7 da avenida Getúlio Vargas.

Mesmo após as vítimas entregarem seus pertences, um rapaz de 20 anos foi ferido com cinco facadas, sendo que quatro acertaram a região das pernas e uma as costas. Os ferimentos não foram tão profundos e, após ser socorrido, ele foi liberado para se recuperar em casa.

Já o segundo crime aconteceu no início da madrugada deste sábado (6) e vitimou outro grupo de jovens que passava por uma praça na quadra 12 da rua D'anuncio Cammarosano, região da Vila Falcão. Também após entregar seus pertences, um adolescente de 17 anos levou uma facada no tórax. Ele teve o pulmão atingido e permanece internado em observação em um hospital particular da cidade.

PERSEGUIÇÃO

O trio acusado de cometer os dois crimes seguia em um GM/Astra, cinza, com placas de Bauru.

Segundo consta no boletim de ocorrência (BO), uma equipe em patrulhamento no bairro Fortunato Rocha Lima desconfiou de um carro que aumentou a velocidade ao notar a viatura. Os policiais, então, deram ordem de parada, que foi desrespeitada. A partir daí, iniciaram uma perseguição.

Durante o trajeto, um quarto ocupante ainda não identificado, conseguiu saltar do GM/Astra e se embrenhar em uma área de mata. Ele continua sendo procurado.

Na tentativa de parar o carro em que seguia o bando, os PMs realizaram um bloqueio na rua Adilson José Stafussi, mas os policiais quase teriam sido atropelados pelo Astra, que seguiu em disparada. Na ocasião, a equipe efetuou tiros contra o carro, mas ninguém foi atingido.

Até que, no cruzamento das ruas Laudze García Menezes e Treze, outras duas pessoas pularam do Astra, uma jovem de 21 anos e um adolescente de 14, morador de Marília. Alterados, eles teriam entrado em luta com os policiais, segundo o BO, mas foram contidos.

Outras equipes seguiram na perseguição. Ainda no bairro, o veículo foi finalmente parado e o condutor de 23 anos detido.

FACAS

No carro, os PMs apreenderam duas facas, uma delas com sangue, além da bolsa e pertences dos dois grupos de jovens que foram assaltados horas antes. Uma camiseta com sangue também foi encontrada no veículo.

Ainda de acordo com o BO, diante das provas, o trio teria confessado os crimes. A garota e o adolescente tiveram que ser levados para o Pronto-Socorro central (PSC), por causa de lesões que sofreram ao pular do carro em movimento.

Todos os acusados foram ouvidos no plantão da Polícia Civil. Os dois maiores foram presos em flagrante por roubo qualificado e com concurso de pessoas. O menor foi apreendido por ato infracional e sua família foi acionada.

Os policiais que atiraram contra o Astra também foram ouvidos e o delegado Luiz Claudio Massa compreendeu que houve legítima defesa e deixou de apreender as armas. O carro passou por perícia técnica e foi levado ao Pátio Bauru.