Bauru e grande região

Polícia

Fugas, perseguições, tiros e acidentes marcam início de semana em Bauru

Em uma das ocorrências, acusado de roubar mulher no Centro foi atingido por disparo

por Tisa MoraesBruno FreitasSamantha Ciuffa

06/08/2019 - 04h22

Samantha Ciuffa

Um simulacro de arma de fogo foi apreendido

Esta segunda-feira (5) foi movimentada em Bauru, com registro de duas perseguições policiais. Na madrugada de domingo (4), outras duas já haviam ocorrido na cidade, resultando, inclusive, na destruição de uma viatura (leia mais abaixo).

Na segunda-feira, o primeiro caso foi registrado por volta de 10h30, quando dois jovens armados assaltaram uma mulher. Na fuga, conforme informou a PM, eles apontaram armas para os policiais militares e um dos ladrões, de 17 anos, foi baleado no olho. O segundo indivíduo, Gustavo Vinicius Garcia Lopes, 18 anos, tentou escapar do cerco, mas foi capturado.

O estado de saúde do adolescente é considerado grave. Por volta das 19h, ele foi transferido para o Hospital de Base, ainda com o projétil alojado na cabeça.

Os jovens haviam rendido uma mulher de 44 anos na rua Presidente Kennedy, altura do cruzamento com a rua Virgílio Malta, no Centro de Bauru. Eles levaram a bolsa da vítima, contendo documentos pessoais e mais de R$ 1 mil em dinheiro, pouco tempo depois de a mulher sair de uma agência bancária.

A dupla fugiu em direção à linha férrea, mas foi cercada pela PM. Segundo o capitão Rodrigo de Ângelo, comandante da 3.º Companhia, os dois indivíduos apontaram armas para a equipe. "Eles tentaram continuar a fuga correndo para lados diferentes e com armas em punho, direcionadas para os policiais, quando o adolescente foi atingido", conta, destacando que os ladrões também ameaçaram a vítima de roubo com as mesmas armas.

DINHEIRO RECUPERADO

O adolescente de 17 anos foi atingido com um tiro no rosto, na região dos olhos, na quadra 5 da rua Casimiro de Abreu, no Jardim Bela Vista. Com ele, foi apreendido um simulacro de arma de fogo.

A PM acionou o Corpo de Bombeiros e o Samu, que fizeram o atendimento preliminar no local e o encaminhamento ao Pronto-Socorro Central (PSC). O jovem permanece sob escolta.

O comparsa, de 18 anos, chegou a tentar escapar do cerco, mas foi preso logo em seguida, nas imediações da favela São Manoel. De acordo com informações da PM, ele confessou o crime e foi apresentado no Plantão Policial, onde a prisão em flagrante por roubo foi ratificada pelo delegado.

O revólver que Gustavo utilizou no crime não foi localizado, assim como a bolsa levada da vítima, embora a PM tenha realizado varreduras após o ladrão indicar o local em que havia dispensado os objetos.

Com o jovem, foram recolhidos R$ 530,00 e, com o adolescente de 17 anos, mais R$ 630,35. O dinheiro foi devolvido à mulher.

Fiorino capota com quatro suspeitos

Polícia Militar/Divulgação

Durante a fuga, Fiorino em que os suspeitos estavam caiu em um barranco de cerca de sete metros

No começo da tarde, outra ocorrência envolvendo perseguição foi registrada em Bauru. Durante patrulhamento de rotina na Vila Industrial, a Polícia Militar se deparou com uma Fiorino transitando e conseguiu perceber que havia dois homens no compartimento de cargas, além de outros dois indivíduos ocupando os bancos do veículo.

Quando a equipe deu ordem de parada, próximo à avenida das Bandeiras, a Fiorino saiu em disparada e foi seguida pela viatura policial. Na quadra 3 da rua Luiz Alfredo Falcão Bauer, ainda na Vila Industrial, o veículo caiu em um barranco de aproximadamente sete metros de altura e capotou.

Mesmo assim, os quatro homens conseguiram sair na tentativa de fugir. Dois foram capturados no mesmo instante e outros dois ainda conseguiram correr até uma oficina mecânica, onde tentaram se esconder.

Eles também foram detidos e encaminhados ao Plantão da Polícia Civil. Os nomes não foram divulgados pela PM. Os integrantes do bando possuíam antecedentes criminais por roubo, porte de arma, tráfico de drogas e furto.

Com o grupo, foram apreendidos um revólver, um simulacro de arma de fogo e uma máscara de palhaço, além de um celular.

Segundo o capitão Rodrigo de Ângelo, a possibilidade de eles terem cometido ou estarem se preparando para cometer crimes em Bauru ainda precisará ser investigada pela polícia.

Mais prisões e colisão

Polícia Militar/Divulgação

Viatura da PM ficou destruída ao bater em uma árvore no domingo

Na madrugada de domingo (4), quatro pessoas já haviam sido presas pela Polícia Militar de Bauru, depois de duas perseguições pelas ruas da cidade. Dois homens foram abordados em uma motocicleta nas imediações da Base da Polícia Rodoviária e, momentos depois, outra dupla - incluindo o dono da moto - foi localizada em um apartamento na região da Quinta da Bela Olinda.

Todos foram presos em flagrante por tráfico de entorpecentes, associação ao tráfico, desobediência e desacato, além de dano, já que uma viatura da PM foi destruída ao colidir em uma árvore durante uma das perseguições. Os policiais não sofreram ferimentos graves.

Já na segunda perseguição, o condutor e o garupa ultrapassaram semáforos no vermelho em diversas vias da Zona Sul, além de subirem no canteiro central da avenida Nações Unidas, por onde trafegaram por um trecho na contramão. Eles foram alcançados pela PM na rodovia Marechal Rondon.

Além de duas motos Yamaha XT 660, foram apreendidos um tijolo de maconha de 750 gramas, além de mais 44,51 gramas de maconha e quase R$ 4 mil em dinheiro.

Ler matéria completa