Bauru e grande região

Polícia

Fraude em cosmético é apurada em Bauru

Polícia Civil apreendeu cerca de 300 itens em um depósito na região central

por Tisa Moraes

29/08/2019 - 06h00

Bruno Freitas/JC Imagens

Plantão policial de Bauru

A Polícia Civil apreendeu, na manhã desta quarta-feira (28), em Bauru, cerca de 300 potes de hidratantes para cabelo com suspeita de falsificação. A possível fraude foi descoberta após clientes registrarem queixas junto ao fabricante, uma multinacional com atuação em mais de 100 países, que conseguiu rastrear o local de distribuição dos produtos clandestinos.

O depósito funcionava na região central. Coordenador do Setor de Investigações Gerais (SIG) da Delegacia Seccional de Bauru, o delegado Rogério Dantas conta que um representante da marca acompanhou a ação e constatou que todas as embalagens possuíam características diferentes das originais.

O conteúdo dos produtos ainda passará por análise química. Inicialmente, o responsável pelas vendas deverá responder a inquérito em liberdade por falsificação de produtos destinados a fins terapêuticos ou medicinais, cuja pena prevista é de 10 a 15 anos, em caso de condenação.

RASTREAMENTO

Segundo Dantas, a investigação foi iniciada pela própria multinacional, que recebeu inúmeras reclamações sobre a má qualidade de um creme usado para hidratação capilar. Em todas as queixas, as clientes relatavam ter adquirido o item em um mesmo site de compras. "Então, a fábrica comprou o produto que estava sendo vendido neste site, fez a perícia em laboratório e constatou que o conteúdo era falso", detalha o delegado.

A partir da confirmação, a empresa conseguiu rastrear o local de distribuição e comunicou a Polícia Civil. Com mandado de busca expedido pela Justiça, a apreensão foi realizada. Aos policiais, o responsável pelo depósito negou a falsificação e alegou ter comprado os produtos diretamente do fabricante. As notas fiscais não foram apresentadas.

Ler matéria completa