Bauru e grande região

Polícia

Roubo termina em perseguição, tiro, acidente e prisão em Bauru

Dois homens armados roubaram R$ 85,00 e um celular no estabelecimento comercial, na Vila São Paulo

por Márcia Duran

29/08/2019 - 11h17

Divulgação/Polícia Militar

Arma e dinheiro apreendidos com os detidos

O roubo a um estabelecimento comercial, na Vila São Paulo, em Bauru, terminou com perseguição, tiro, acidente e prisão, no final da noite desta quarta-feira (28).

Segundo o registrado em boletim de ocorrência (BO), policiais militares em patrulha foram informados, via Copom, de um roubo a uma sorveteria.

Dois homens armados roubaram R$ 85,00 e um celular no estabelecimento comercial. Depois, fugiram em um veículo Cerato preto.

Quando foram atender a ocorrência, os PMs encontraram o carro suspeito na avenida Moussa Tobias. Após pesquisa, foi constatado que o carro era produto de furto na cidade de Cerqueira César.

Os policiais começaram a acompanhar o veículo pela avenida Nações Norte, sentido rodovia Comandante João Ribeiro de Barros (SP-294), a Bauru-Marília. A suspeita é que os dois homens estavam procurando novas vítimas para assaltar.

Na rotatória que dá acesso à rodovia Marechal Rondon, na altura do Núcleo Gasparini, os PMs relataram que um dos ocupantes do veículo em fuga atirou contra a viatura e, na sequência, o carro freou bruscamente, o que ocasionou um acidente entre um Gol que transitava pelo local e a viatura policial.

O Cerato bateu na defensa metálica da rodovia. Os dois ocupantes abandonaram o veículo e fugiram por uma mata.

Um deles foi detido pelos policiais a cerca de 500 metros do local onde ocorreu o acidente com R$ 25,00. O outro conseguiu fugir. As pessoas que estavam na sorveteria reconheceram Leonardo de Lucas Domingues como um dos homens que cometeram o assalto. Ele era procurado pela polícia.

A arma foi encontrada caída ao lado do Cerato. O detido disse que comprou a arma por R$ 3 mil de um morador de Bauru.

Ele informou aos policiais que não roubou o veículo em Cerqueira César, mas as descrições da vítima, dona do carro, registradas em BO na delegacia daquela cidade, batem com as características dele.

Também contou que, na quarta-feira, encontrou com um conhecido de longa data (o outro homem que fugiu), que já estava com o Cerato, e foram fazer o roubo. 

Segundo o BO, a delegada de plantão determinou a prisão em flagrante de Leonardo e representou pela conversão em preventiva.

Ler matéria completa