Bauru e grande região

Polícia

Mulher acha R$ 58 mil e chama Polícia Militar

Moradora encontrou quantia dentro de envelope, na varanda de sua residência; ainda não há pista de quem seja o dono

por Tisa Moraes

04/09/2019 - 06h00

Samantha Ciuffa

No envelope, a dona de casa encontrou a grande quantidade de cédulas de R$ 100,00 e R$ 50,00

Uma dona de casa de 64 anos foi surpreendida nas primeiras horas desta terça-feira (3), em Bauru, ao encontrar um envelope contendo R$ 58 mil em dinheiro na varanda de sua residência, na região do Jardim Pagani. Assustada e, ao mesmo tempo, consciente da atitude correta que deveria tomar, ela acionou a Polícia Militar (PM), que recolheu a quantia e encaminhou o caso à Polícia Civil.

O nome da mulher e o endereço dela foram preservados pela reportagem por questões de segurança, uma vez que a origem do dinheiro ainda é desconhecida.

Conforme registrado em boletim de ocorrência (BO), a mulher encontrou os valores por volta das 8h30, logo depois de acordar e abrir a porta da frente da casa. "Foi quando ela se deparou com um envelope branco, no chão, próximo à mureta que faz divisa com a calçada. Ela achou estranho, abriu o pacote e descobriu que tinha um monte de dinheiro dentro", relata o coordenador do Setor de Investigações Gerais (SIG) da Delegacia Seccional de Bauru, Richard Serrano.

No envelope, havia grande quantidade de cédulas de R$ 100,00 e R$ 50,00, que totalizaram exatos R$ 58 mil. Imediatamente, a dona de casa acionou o 190 e uma equipe da área Leste da PM foi até o local.

MISTÉRIO

Segundo os policiais que atenderam a ocorrência, a moradora estava bastante nervosa e chegou a chorar, sem entender como aquela quantidade de dinheiro foi parar na varanda de sua residência. Até o momento, não há suspeita de quem seja o proprietário dos valores, já que as cédulas estavam dentro de um envelope branco sem qualquer identificação ou inscrição.

Segundo a Polícia Civil, não há registro recente de furto ou roubo de quantia semelhante em Bauru. Por conta da altura da mureta, tudo leva a crer que alguém tenha colocado, intencionalmente, o dinheiro no local. O motivo, contudo, ainda é um grande mistério.

O conteúdo do envelope foi contabilizado pela PM ainda em frente à casa da mulher e encaminhado ao Plantão Permanente da Polícia Civil.

Os valores ficarão recolhidos em depósito judicial.

 

Ler matéria completa