Bauru e grande região

Polícia

Polícia Civil prende homem que matou ex da própria filha

Luiz Fernando Inácio Alves se apresentou e disse que esfaqueou o rapaz ao ser abordado

por Tisa Moraes

28/09/2019 - 05h07

Polícia Civil/Divulgação

Depois do crime, trailer onde o autor vendia salgados foi queimado

Acusado de matar o ex-namorado da filha, Luiz Fernando Inácio Alves, 38 anos, se apresentou nesta sexta-feira (27) na Delegacia de Investigações Gerais (DIG), em Bauru. Em 22 de setembro, depois de se relacionar por cerca de cinco meses com a filha de Luiz Fernando, Victor Henrique Machado dos Santos, 20 anos, foi esfaqueado e morto no condomínio onde os envolvidos moravam, no Jardim Santana.

Durante interrogatório, Luiz Fernando relatou que a filha havia terminado o relacionamento e que Victor teria dito a ela que mataria toda sua família, caso a jovem não reatasse. Informado por moradores do residencial de que o rapaz era recém-egresso do sistema penitenciário, onde cumpriu, por duas vezes, pena por tráfico de drogas, o homem contou que passou a transitar pelo condomínio portando uma faca.

Diferentemente da versão inicial apresentada por outros moradores do residencial, o autor relata que, no dia 22, cruzou com Victor no bloco onde o jovem morava, após sair com a família do apartamento de uma amiga. "Nesta hora, ainda segundo a versão do Luiz Fernando, o Victor o abordou e disse que iria namorar a jovem, independentemente da vontade do pai. E que mataria todo mundo, se alguém não aceitasse", detalha o titular da DIG, Cledson Nascimento.

GOLPE DE FACA

Neste momento, Luiz Fernando alega que sacou a faca e que, mesmo assim, o ex-namorado da filha investiu contra ele, momento em que desferiu um golpe no abdômen do rapaz. Victor teria entrado em seu apartamento, onde foi socorrido por amigos.

Luiz Fernando, temendo represálias, acabou abandonando o condomínio junto com a família.

A versão diverge da apresentada inicialmente por testemunhas em boletim de ocorrência (BO). De acordo com estes depoimentos, o pai da jovem teria ido, acompanhado por ela, até o apartamento de Victor para tirar satisfações, quando esfaqueou a vítima.

À Polícia Civil, Luiz Fernando também disse que, após o crime, seu apartamento foi invadido por amigos do rapaz, que o trailer onde ele comercializava salgados com a ajuda da esposa, em frente ao residencial, foi saqueado e incendiado e que tiros foram disparados em frente à casa de sua mãe.

Segundo o delegado, testemunhas ainda serão ouvidas e laudos periciais serão analisados para a conclusão do inquérito. Preso por homicídio simples, Luiz Fernando, que tinha uma passagem criminal por tráfico, foi encaminhado a uma cadeia da região.

Ler matéria completa