Bauru e grande região

Polícia

Ambiental flagra 26 aves e arma

Eram 24 pássaros silvestres e dois exóticos; espingarda também foi apreendida

por JCNET

01/10/2019 - 05h29

Polícia Ambiental/Divulgação

Uma das aves já estava morta

O Policiamento Ambiental localizou, na manhã desta segunda-feira (30), uma espingarda e pássaros silvestres sem autorização ambiental e em situação de maus-tratos no Aimorés, em Bauru.

Dentro da Operação Caipora, desencadeada em todo o Estado, policiais foram até uma propriedade do bairro para realizar uma vistoria sobre o cumprimento de um termo de compromisso ambiental. Contudo, logo ao chegar, a equipe visualizou, na parte externa do imóvel, oito gaiolas com 24 pássaros silvestres, todos sem anilhas, e dois exóticos. Os animais estavam com sinais recentes de captura e os policiais constataram ainda a situação de maus-tratos em todos, sendo que uma gaiola continha até uma ave morta. O proprietário dos animais, um homem de 57 anos (o nome não foi divulgado), alegou que “não possuía muito tempo para cuidar desses animais e que não tinha autorização”.

Em continuidade da vistoria, foram visualizadas algumas placas de metal com marcas de disparos recentes de arma de fogo. Com autorização do morador, os policiais localizaram uma espingarda calibre 32 sem procedência legal.

O infrator foi conduzido à delegacia e autuado em flagrante por posse ilegal de arma e pelos crimes ambientais de maus-tratos e por ter em cativeiro animais silvestres sem autorização ambiental. Administrativamente, o policiamento aplicou auto de infração ambiental, totalizando R$ 98 mil.

Após registro de BO, o homem foi liberado para responder pelos crimes. Todas as aves foram soltas em uma reserva ambiental da região após exames veterinários.

Ler matéria completa