Bauru e grande região

Polícia

Conflito entre PMs termina na morte de Mário Sabino e sargento Agnaldo

Corpos dos dois policiais foram encontrados na noite desta sexta-feira (25) em veículos na região do Jardim Nicéia

por VITOR OSHIRO WAGNER TEODORO LARISSA BASTOS/ estágio sob supervisão

26/10/2019 - 06h00

Na noite desta sexta-feira (25), uma confusão terminou com a morte de dois policiais militares baleados em Bauru. Houve um confronto entre o cabo do 4.º Batalhão da Polícia Militar do Interior (4.º BPM-I) e judoca olímpico Mário Sabino Jr. e o sargento Agnaldo Rodrigues, do Comando de Policiamento do Interior-4 (CPI-4), o que resultou na tragédia. O corpo de Sabino já foi enterrado às 16h deste sábado (26), no Cemitério do Jardim Redentor. Já o velório e o sepultamento do sargento Agnaldo ocorreram em Pirajuí. O enterro foi às 17h, no Cemitério Municipal.

O fato ocorreu no final da rua paralela com a avenida Antenor de Almeida, região do Jardim Nicéia, pouco antes das 21h. Segundo o primeiro-tenente Rodrigo Franco, equipes de patrulhamento passavam pelo local quando suspeitaram da posição de dois veículos estacionados na rua. "Ao verificar, a equipe encontrou os dois policiais já em óbito".

Ainda de acordo com ele, ambos morreram baleados. A quantidade de tiros e os locais atingidos somente seriam verificados com a perícia, mas não foram disponibilizadas informações oficiais até este sábado.

As informações davam conta também que nem o sargento e nem o cabo estavam em serviço quando o fato ocorreu. "Ainda não temos o motivo do que realmente ocorreu. Está tudo em averiguação", destacou o primeiro-tenente Rodrigo Franco.

Informações que circulam nos meios policiais e familiares dão conta de uma motivação passional.

Franco complementa que será aberto um inquérito da Polícia Militar, uma vez que, a princípio, trata-se de um crime envolvendo dois militares.

Ler matéria completa