Bauru e grande região

Polícia

R$ 20 mil desaparecem de conta corrente de creche

O ataque de hackers vitimou a Associação Creche Irmã Catarina; banco estornou dinheiro

por Cinthia Milanez

08/11/2019 - 06h00

Bruno Freitas/JC Imagens

Plantão da Polícia Civil em Bauru

A Associação Creche Irmã Catarina, na Vila Ipiranga, em Bauru, teve um grande susto ao checar as suas economias. Quase R$ 20 mil sumiram, misteriosamente, da conta corrente da instituição. Um representante da entidade procurou a Polícia Civil para denunciar um ataque de hackers, resultando em um prejuízo de R$ 19.990,00. Ao comunicar a instituição bancária, por sorte, a Irmã Catarina conseguiu o estorno do dinheiro.

Conforme o JC apurou, um funcionário descobriu o problema no final do último mês, quando acessou a conta digital da creche. A entidade guardava a verba para pagar os encargos do final deste ano, como 13.º salário e férias dos trabalhadores. 

No aplicativo, constava que o montante foi transferido para um desconhecido. De imediato, um dos responsáveis pela entidade se dirigiu ao banco, que trocou os números da conta e da senha. A instituição financeira também estornou o dinheiro e instaurou uma sindicância.

Paralelamente, um representante da entidade fez um BO. Agora, a Polícia Civil também deverá apurar o caso, registrado como estelionato.

A Creche Irmã Catarina atende, em período integral, 70 crianças de 1 ano e 8 meses a 5 anos. O local sobrevive graças ao convênio com a Prefeitura de Bauru e ao auxílio da comunidade.

Para doar qualquer valor, basta ir até a instituição, que fica na quadra 12 da rua Pedro Fernandes, na Vila Ipiranga. Telefone: (14) 3236-2684.

Ler matéria completa