Bauru e grande região

Polícia

Preso suspeito de roubar 5 entregadores

Os crimes ocorreram entre os meses de setembro e dezembro do ano passado; o homem estava foragido, mas foi capturado

por Cinthia Milanez

12/02/2020 - 05h56

Aceituno Jr.

O delegado Cledson Nascimento ainda procura por outros suspeitos

Suspeito de roubar cinco entregadores de lanche ou pizza, em Bauru, um jovem de 21 anos acabou capturado e preso. Os crimes ocorreram entre os meses de setembro e dezembro do ano anterior. Desde então, o homem estava foragido, mas a Polícia Civil, através da Delegacia de Investigações Gerais (DIG), e a Polícia Militar (PM) conseguiram localizá-lo.

Titular da DIG, o delegado Cledson Nascimento informa que o rapaz pedia para entregar comida, sempre à noite, no bairro Santa Fé, que fica ao lado da Chácara das Flores, condomínio situado na região do Parque Roosevelt, onde ele, de fato, residia.

Assim que os entregadores chegavam, o jovem furtava o pedido, os pertences pessoais e, em alguns casos, até as motocicletas das vítimas. "Ele confessou que fazia a abordagem, mas recebia ajuda de, pelo menos, dois comparsas, que ainda não foram identificados", acrescenta.

Em seguida, o homem corria para dentro da Chácara das Flores. "A partir das nossas investigações, descobrimos o suspeito, que, na adolescência, cometeu o ato infracional de tráfico de drogas. Como tínhamos a sua fotografia em nosso sistema, exibimos para algumas vítimas, que o reconheceram", revela.

O delegado, então, representou pela prisão temporária de C.R.S.P. - só as iniciais foram informadas, em respeito à Lei do Abuso de Autoridade. "Ele havia saído do condomínio rumo à residência de familiares, na Vila Santista. Na última sexta-feira (7), a PM recebeu uma cópia do mandado e o capturou", observa.

PREVENTIVA

O jovem foi encaminhado para a Cadeia Pública de Avaí e a Polícia Civil pretende representar pela sua prisão preventiva, afinal, as cinco vítimas já o reconheceram.

Ainda de acordo com Cledson, o rapaz costumava usar um simulacro de pistola ou uma faca para praticar os crimes. "Ele vendia os telefones celulares no Centro da cidade e as motocicletas podem ter sido desmanchadas na mesma região", frisa.

Agora, a DIG seguirá com as investigações, no sentido de identificar os outros comparsas do suspeito. Caso alguém tenha qualquer informação, basta entrar em contato através do telefone (14) 3235-6525 ou do WhatsApp (14) 99668-7751.

 

Orientações

Em vista disso, o delegado Cledson Nascimento dá algumas orientações aos entregadores e, principalmente, às empresas para as quais eles prestam serviço. Segundo o titular da DIG, os estabelecimentos devem ter um cadastro atualizado de todos os clientes. "Um breve questionário, como nome completo e telefone, é essencial quando se trata do primeiro pedido", argumenta.

Ler matéria completa