Bauru e grande região

 
Polícia

Acerto de contas: homem é assassinado

Segundo testemunha, suspeito do crime contou a ela que receberia R$ 200,00 de traficante para cortar a orelha da vítima

por Larissa Bastos

12/12/2020 - 05h00

Aceituno Jr.

Homem de 38 anos morreu na rua Santos Dumont, na Vila Seabra

Um homem de 38 anos morreu após ser esfaqueado na rua Santos Dumont, na Vila Seabra, em Bauru. O suspeito, também de 38 anos, foi preso em flagrante por homicídio qualificado e, segundo o boletim de ocorrência (BO), teria contado a uma testemunha que fora contratado por um traficante para cortar a orelha da vítima, por conta de uma dívida de drogas e de um furto de bicicleta. A ocorrência foi registrada na noite desta quinta-feira (10).

De acordo com o registro, a Polícia Militar (PM) foi acionada por volta das 23h. A denúncia dava conta de que uma pessoa fora esfaqueada e estava caída na rua. Logo após o comparecimento da PM, uma ambulância chegou no local e o médico do Samu constatou que a vítima apresentava um ferimento no tórax e já estava sem vida.

Ainda segundo o BO, populares relataram à PM que um casal estava na casa da vítima pouco antes da ocorrência e seria o possível autor do crime. As equipes, então, efetuaram diligências e encontraram um homem de 38 anos e uma mulher, de 23, em um imóvel a 400 metros do local onde o corpo foi localizado.

Durante a abordagem policial, a jovem, indicada como testemunha no BO, confirmou que os três estavam no imóvel tomando vinho, quando seu companheiro sacou uma faca e começou a desferir golpes contra a vítima. Em seguida, os dois teriam fugido do local.

Ela apresentava dois ferimentos no braço e, quando indagada, disse que foi atingida pelo próprio companheiro, ao tentar deixar o imóvel enquanto ele desferia facadas contra a vítima, perto do portão. A jovem foi encaminhada à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Bela Vista, onde recebeu atendimento e foi liberada.

CRIME POR ENCOMENDA

Ainda segundo o BO, a testemunha relatou aos policiais que o suspeito confessou a ela que receberia R$ 200,00 de um traficante para cortar a orelha da vítima. Essa retaliação teria sido motivada por uma dívida de drogas e porque a vítima teria furtado uma bicicleta do mandante do crime.

Diante dos fatos narrados, o homem de 38 anos foi preso em flagrante por homicídio qualificado e levado ao Centro de Detenção Provisória (CDP) de Bauru. A Polícia Científica foi acionada e realizou a perícia técnica no local do crime. A jovem ainda indicou o ponto onde o suspeito descartou a faca utilizada. O objeto foi localizado e apreendido. 

Um outro casal, que teria sido indicado como mandante do crime, foi ouvido e liberado. Ambos continuam sob investigação da Polícia Civil, que vai apurar o caso. Três aparelhos celulares foram apreendidos.

 

Ler matéria completa