Bauru e grande região

 
Polícia

Homem que matou ex-companheira é preso e confessa crime

Ele foi localizado dentro de seu carro, em uma estrada de terra que dá acesso ao distrito de Tibiriçá, após a PM receber denúncia anônima

por Tisa Moraes

13/12/2020 - 14h11 atualizado às 05h00

Redes Sociais/Reprodução

Bruna Giovana da Silva, 24 anos

O feminicídio de uma jovem de 24 anos causou comoção em Bauru neste final de semana. O homem que matou sua ex-companheira a facadas na tarde de sábado, no Jardim Ouro Verde, em Bauru, foi preso na manhã deste domingo (14) pela Polícia Militar. Após receber denúncia anônima de que um Corsa Classic de cor prata estava parado em uma estrada de terra que dá acesso ao distrito de Tibiriçá, a corporação foi até o local e encontrou Luiz Antonio de Araújo Félix, 26 anos, dentro do veículo. 

Aos policiais, ele confessou o crime, alegou que atacou a ex-companheira Bruna Giovana da Silva porque sentiu raiva e que não tinha intenção de matá-la. Conforme o JCNET divulgou, a operadora de telemarketing foi morta em frente ao condomínio em que morava, na quadra 38 da avenida Castelo Branco.

Para a PM, Luiz Antonio disse que foi até o residencial para levar dinheiro para Bruna, visto que eles têm um filho de 4 anos. Eles teriam discutido, quando o homem pegou uma faca dentro do carro e a golpeou.

Imagens de câmeras de segurança mostram que o criminoso atacou a jovem quando ela estava de costas, saindo do local de mãos dadas com o filho do casal, que presenciou o crime. Ela foi golpeada por diversas vezes. Perfurações foram identificadas nas costas, peito, pescoço, cabeça e mãos, segundo informações prestadas pela equipe do Samu, que atestou o óbito no local.

As imagens revelam que, depois do ataque, o homem fugiu em seu Corsa Classic. Ainda de acordo com o depoimento de Luiz Antonio à PM, ele e Bruna foram casados por cerca de quatro anos e o relacionamento havia acabado há aproximadamente oito meses. Ele disse, ainda, não ter passagens pelo sistema carcerário.

Segundo o relato de testemunhas, Luiz Antonio e Bruna vinham tendo desentendimentos há algum tempo, inclusive por discordâncias relacionadas à pensão alimentícia do filho. O homem foi preso em flagrante pelo crime de feminicídio e encaminhado à Cadeia Pública de Avaí. A faca utilizada por ele foi localizada no interior do carro e apreendida.

Veja o vídeo em que Luiz Antonio confessa o crime.

Ler matéria completa