Bauru e grande região

Polícia

Suspeito de tentativa de latrocínio no mês passado é morto no Ceará

Jovem de 21 anos disparou contra um idoso e fugiu para a sua terra natal

por Cinthia Milanez

19/03/2021 - 05h00

O suspeito de disparar várias vezes contra um idoso em uma tentativa de latrocínio, em Bauru, em 2 de fevereiro deste ano, foi morto em Fortaleza, a sua terra natal. R.M.S.F., de 21 anos, estava foragido desde o crime. O jovem, que chegou a acertar um tiro na vítima, no estacionamento de um estabelecimento comercial na quadra 11 da avenida José Henrique Ferraz, no Residencial Parque Granja Cecília, fugiu para o Ceará, onde morreu na última segunda-feira (15) após também ser baleado. 

De acordo com o delegado responsável pelo caso, Cledson Nascimento, titular da 1.ª Delegacia de Investigações Gerais (DIG) e da 3.ª Delegacia de Homicídios, órgãos vinculados à Divisão Especializada de Investigações Criminais (Deic), a polícia acompanhou o deslocamento do suspeito pelo seu celular, momento em que descobriu que ele havia fugido para o Ceará logo no dia seguinte ao crime. 

Em contato constante com a Polícia Civil daquele Estado, Nascimento soube que o suspeito foi baleado no dia 22 de fevereiro deste ano, no bairro Acarapé, em Fortaleza. O jovem estava internado desde então. "No boletim de ocorrência (BO), consta que ele foi vítima de um latrocínio, mas nós não descartamos homicídio, porque ele estava armado quando uma dupla o abordou", complementa.

A morte do suspeito, inclusive, ocorreu um dia antes do seu suposto comparsa ter sido baleado e preso em Bauru.

COMPARSA

Conforme o JC noticiou, A.S.M., de 22 anos, era procurado por ter ajudado R.M.S.F. a cometer o crime. Segundo o delegado, o comparsa fugiu para a casa de parentes, em Ubatuba, no Litoral Paulista, mas acabou voltando. 

A PM, então, o abordou no Jardim Eldorado nesta terça-feira (16). Na ocasião, de acordo com a corporação, ele apontou uma arma enquanto tentava fugir e, por isso, foi baleado na perna. O rapaz permanece internado e não corre risco de morte.

RELEMBRE O CASO

Como já divulgado pelo JC, um homem chegou de motocicleta no estacionamento de um estabelecimento comercial situado no Granja Cecília, em 2 de fevereiro último, quando tentou roubar e matar um idoso de 71 anos, que reagiu ao assalto.

O criminoso efetuou quatro disparos e, dos três que foram em direção à vítima, apenas um atingiu a boca do idoso, de raspão. Na hora da fuga, o malote caiu e o ladrão partiu sem levar nada.

Ler matéria completa