Bauru

Polícia

Dois jovens são presos por receptação de 10 baterias furtadas de torres de telefonia

O flagrante foi feito pela Polícia Civil, por meio do Setor de Investigações Gerais

por Cinthia Milanez

19/05/2021 - 05h00

Polícia Civil/Divulgação

O furto ocorreu em torres em Guaianás, Distrito de Pederneiras

Dois jovens, um de 20 e outro de 18 anos, acabaram presos em flagrante por receptação de dez baterias furtadas, em Bauru, na tarde desta segunda-feira (17). Após apurações, a equipe do Setor de Investigações Gerais (SIG), órgão vinculado à Polícia Civil de Bauru, chegou até a dupla, cuja identidade não foi divulgada. Ambos tentavam revender o material subtraído de duas torres de telefonia situadas no Distrito de Guaianás, em Pederneiras, na noite anterior à prisão.

Titular do SIG, o delegado Alexandre Protopsaltis relata que a equipe do órgão encontrou os jovens em um veículo parado na quadra 3 da rua Mariano Fernandes, no Parque Roosevelt. No carro, havia dez baterias estacionárias, usadas como nobreaks por duas empresas de telefonia distintas.

O furto, segundo o delegado, ocorreu na noite anterior. "Uma das empresas, inclusive, relatou à polícia que os danos causados pela subtração dos aparelhos resultaram em um prejuízo de cerca de R$ 100 mil", acrescenta.

R$ 25,00 CADA

O material foi apreendido e as empresas deverão reavê-lo em breve. Já os dois rapazes teriam alegado que adquiriram cada bateria por R$ 25,00 de um usuário de drogas. A dupla tentaria revender os equipamentos.

Os dois, ambos moradores de Bauru, foram presos em flagrante por receptação e, segundo a polícia, permanecem à disposição da Justiça na Cadeia Pública de Avaí.

Ler matéria completa