Bauru

Polícia

Operação Narco prende 87 pessoas em Bauru e região

Polícia Civil de Bauru, Botucatu, Jaú e Lins atuou na ação desde o dia 1 de junho

por Larissa Bastos

25/06/2021 - 05h00

Fotos: Polícia Civil/Divulgação

Na última sexta, cinco pessoas foram presas por tráfico em Bauru

A Polícia Civil divulgou, nesta quinta-feira (24), o balanço da Operação Narco, que visou o combate ao tráfico de drogas e a identificação de alvos em todo o País. Como resultado, em Bauru, Botucatu, Jaú e Lins, 87 pessoas foram presas pelo crime, além de quatro adolescentes que foram apreendidos. Também foram recolhidos 7,2 quilos de entorpecentes e incinerados outros 62,9 quilos de drogas.

A operação foi deflagrada em 1 de junho e termina nesta sexta-feira (25), dia reservado para a destruição dos entorpecentes apreendidos. Na região, o Departamento de Polícia Judiciária do Interior 4 (Deinter-4) comandou as ações das delegacias seccionais de polícia de Bauru, Jaú e Lins, além da Divisão Especializada de Investigações Criminais (Deic) de Bauru.

NA CIDADE

Na cidade de Bauru, uma das ações relacionadas à operação ocorreu na última sexta-feira (18), quando cinco pessoas - três homens e duas mulheres - foram presas em flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico. Na ocasião, também foram apreendidas quantias de entorpecentes, R$ 1.812,00 em espécie, um simulacro de pistola e objetos usados para o tráfico.

Ao todo, as equipes da cidade prenderam, pelos mesmos crimes, 29 pessoas e dois adolescentes na operação.

OUTROS LOCAIS

A Seccional de Jaú foi responsável pela prisão de 25 pessoas, além de dois adolescentes. Já a de Lins deteve 17 indivíduos e incinerou 62,9 quilos de entorpecentes.

Em Botucatu, uma ação conjunta entre Polícia Civil, Polícia Militar (PM) e Guarda Civil Municipal (GCM) resultou na prisão de 14 pessoas por ordem judicial. Depois, durante as diligências, um casal foi preso pelo mesmo crime, pois o cão farejador da polícia encontrou drogas no apartamento em que eles residiam, totalizando 16 detidos na cidade.

Ler matéria completa