Bauru

Polícia

Mulher é internada em estado grave após ser espancada em quarto de motel

Polícia Civil investiga para identificar o autor da tentativa de feminicídio, registrada ontem; vítima foi achada inconsciente

por Larissa Bastos

14/10/2021 - 05h00

Aceituno Jr.

Delegado plantonista Mário Henrique Ramos registrou o caso

Uma mulher de 42 anos foi internada em estado grave após ser espancada em um quarto de motel, no Jardim Ivone, em Bauru. A tentativa de feminicídio foi registrada na manhã desta quarta-feira (13). A Polícia Civil investiga o caso para encontrar o autor das agressões, que não havia sido identificado até o fechamento desta edição. A motivação do crime ainda é desconhecida.

De acordo com o delegado plantonista Mário Henrique Ramos, que registrou o caso e esteve no local dos fatos, a vítima chegou no estabelecimento por volta das 7h, de carro, acompanhada de um homem. Então, por volta das 9h, o suspeito deixou o local com o veículo e sozinho, o que causou estranhamento em funcionários do local. "Eles foram até o quarto alugado pelo casal e encontraram a vítima na cama, nua e inconsciente, com o rosto bastante machucado", detalha.

O Samu foi acionado e encaminhou a mulher até o Pronto-Socorro Central (PSC) de Bauru. Até o fechamento desta edição, ela permanecia internada em estado grave no local, enquanto aguardava por leito de UTI em hospitais do Estado. "Existe a suspeita de que ela tenha sofrido traumatismo craniano, fratura dos ossos da face e dos dentes por conta das agressões. Por conta da violência do ataque, havia respingos de sangue por vários locais do cômodo", complementa Ramos.

INVESTIGAÇÕES

A Polícia Técnico-Científica foi acionada e realizou a perícia técnica do local. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil de Bauru, por meio da Divisão Especializada de Investigações Criminais (Deic), sob responsabilidade do delegado Cledson Nascimento.

A corporação, agora, busca identificar e localizar o principal suspeito do crime, no caso, o homem que estava com a vítima no motel. Imagens de câmeras de segurança do estabelecimento foram cedidas aos policiais para facilitar o reconhecimento.

Ler matéria completa

×