Bauru

Polícia

Suspeito é morto depois de assaltos a posto e farmácia

Segundo BO, disparos foram feitos por policial militar à paisana que viu a ação criminosa

09/11/2021 - 12h46 atualizado às 05h12

Imagem Ilustrativa

Suspeito é morto após assaltos a posto e farmácia

Um homem suspeito de assaltar um posto de combustíveis e uma farmácia na avenida Getúlio Vargas, em Bauru, morreu depois de ser atingido por disparos feitos por um policial militar na madrugada dessa terça-feira (9), por volta da 1h, na drogaria. O caso foi registrado como roubo e homicídio simples.

De acordo com o boletim de ocorrência (BO), o policial, de folga e à paisana, passava de moto em frente à farmácia quando viu um homem apontando uma arma para os atendentes. O PM teria, então, entrado no estabelecimento anunciando que era policial e exigindo que o suspeito se entregasse.

Segundo o BO, o assaltante teria apontado o revólver para o PM, que revidou e fez dois disparos, atingindo o peito do homem. Nenhum funcionário ou cliente do estabelecimento ficou ferido.

A Polícia Científica foi acionada e, ainda de acordo com o BO, o suspeito não havia sido identificado, pois estava sem documentos. Com ele, foram encontradas caixas de cigarros e de charutos, além de R$ 167, uma touca preta, vários bonés e um revólver calibre 38. Parte desse material seria fruto de um roubo ocorrido em um posto de combustíveis na mesma avenida, momentos antes, também registrado pela Polícia Civil.

As armas do policial e do suspeito foram apreendidas, assim como as munições. A Polícia Científica realizou exames residuográficos em ambos.

Ler matéria completa

×