Bauru

Polícia

Morre mulher espancada em quarto de motel em Bauru

Acusado está preso preventivamente e responderá pelo homicídio

17/11/2021 - 11h08

Arquivo Pessoal

Vaneska Mira Borges tinha 42 anos e deixa quatro filhos

Aos 42 anos, morreu, na madrugada desta quarta-feira (17), Vaneska Mira Borges. Ela estava internada há pouco mais de um mês, após ter sido espancada em um quarto de motel, no Jardim Ivone, em Bauru.

O agressor de 22 anos, que a deixou inconsciente, foi preso pela Polícia Civil, depois de se apresentar e confessar o crime, um dia após o registro policial. Na ocasião, estava com a mão inchada e lesionada por conta dos golpes desferidos na vítima, que sofreu traumatismo craniano.

Desde então, ele está preso preventivamente. Agora, com o comunicado do óbito, a Polícia Civil informará o Fórum para que seja feito o aditamento da denúncia, pois, inicialmente, o homem responderia por tentativa de homicídio e, agora, responderá por homicídio. Seu nome não foi divulgado pela polícia.

Conforme o JC noticiou, um casal chegou ao estabelecimento no Jardim Ivone na manhã de quarta (13). Após duas horas, o homem saiu sozinho. Os funcionários estranharam e foram verificar, encontrando a mulher inconsciente e bastante machucada no quarto.

A Polícia Militar (PM) e o Samu foram acionados. Diante da gravidade dos ferimentos, foram necessários cerca de 30 minutos para estabilizar e intubar a vítima. Para se ter uma ideia do nível do ataque, havia respingos de sangue até no teto. Um pino característico de cocaína também foi achado no local.

Vaneska Mira Borges deixa quatro filhos, sendo um de 9 anos, outro de 10, um de 18 e o mais velho de 24 anos. Também deixa um enteado de 17 anos. O velório ocorre no Centro Velatório do Cemitério da Saudade e o sepultamento está marcado para esta quinta-feira (18), às 14h, no Cemitério Cristo Rei.

Ler matéria completa

×