Bauru

Polícia

Carro de taxista assassinado em Ibitinga é apreendido em Bauru

Polícia Civil localizou o veículo no Jardim TV e prendeu o condutor por receptação e tráfico

por Larissa Bastos

23/12/2021 - 05h00

Polícia Civil/Divulgação

Chevrolet Onix do taxista de Ibitinga foi localizado no Jardim TV, em Bauru

Na tarde desta quarta-feira (22), a Polícia Civil de Bauru, por meio da Divisão Especializada de Investigações Criminais (Deic) e da 1.ª Delegacia de Polícia de Investigações Gerais (DIG), localizou no Jardim TV, em Bauru, o Chevrolet Onix que pertencia ao taxista que foi vítima de latrocínio (roubo seguido de morte) em Ibitinga (90 quilômetros de Bauru). O homem que conduzia o veículo, de 25 anos, foi preso em flagrante por tráfico de drogas e receptação dolosa.

Conforme o JC noticiou, na noite desta terça-feira (21), Ricardo Alexandre de Amorim Santos, de 46 anos, foi morto a facadas em uma estrada municipal de Ibitinga. O táxi dele foi roubado do local.

De acordo com o delegado Cledson Nascimento, responsável pelas investigações, na manhã de ontem, a documentação pessoal da vítima e a do carro dela foram encontradas em uma caçamba no Jardim Ivone. Em seguida, as equipes iniciaram diligências e encontraram o Onix no Jardim TV.

"O motorista tentou fugir, porém, foi abordado na quadra 6 da Rua Waikiti Adachi. O condutor, conhecido como 'Bodão', já havia sido preso por tráfico de drogas neste mesmo endereço, em 2017. Ele disse que, na terça à noite, um casal ofereceu a ele o veículo como "NP" (não pago). 'Bodão' informou ainda que teria levado esse casal de volta para Ibitinga no mesmo dia", detalha o delegado.

Na residência deste suspeito, foi encontrado 1,2 quilo de cocaína. Ele assumiu a autoria do entorpecente. Diante dos fatos, foi preso em flagrante e encaminhado à Cadeia Pública de Avaí, onde permaneceu à disposição da Justiça.

No veículo, a perícia encontrou vestígios de sangue. Os adesivos com a inscrição "Táxi" que foram retirados estavam no porta-malas. O carro e os documentos apreendidos estão à disposição da família da vítima.

Ler matéria completa

×