Bauru

Polícia

Para reprimir derrame de cédulas falsas, Polícia Federal deflagra operação Efígie

Alguns dos envolvidos também atuavam no tráfico de drogas e no contrabando de cigarros estrangeiros

11/05/2022 - 08h50

Reprodução

Além do derrame de notas falsas, integrantes do grupo também estavam ligados ao tráfico de drogas

Para reprimir a introdução de cédulas falsas na região de Bauru, a Polícia Federal (PF) deflagrou, nesta quarta-feira (11), a Operação “Efígie”. Estão sendo cumpridos sete mandados de prisão preventiva e 13 de busca e apreensão nas cidades de Botucatu, Bofete, Pereiras e São Paulo, todos expedidos pela 1ª Vara Federal de Avaré/SP.

Entre 2020 e 2021, após recorrentes prisões em flagrante por conta do crime, foi aprofundada a investigação policial com o intuito de identificar outros possíveis integrantes do grupo, informa a PF. Foram identificados, então, diversos integrantes de grupo criminoso, sendo que o fornecedor de cédulas falsas estava estabelecido na capital paulista.

No decorrer dos trabalhos, ainda foi possível apurar que alguns dos envolvidos também atuavam no tráfico de drogas e no contrabando de cigarros estrangeiros. Durante a investigação, foram presas dezesseis pessoas, sendo nove em flagrante delito, além de ter ocorrido a apreensão de um caminhão baú repleto de cigarros estrangeiros.

Ainda segundo nota enviada pela PF, dentre os delitos imputados aos investigados, destacam-se os previstos nos artigos 289, §º1 e 334-A, do Código Penal, além de tráfico de drogas.

Ler matéria completa

×