Bauru

Polícia

Jovem que esfaqueou a madrasta durante discussão em Bauru é preso

Vítima, de 47 anos, foi atingida com golpes no abdômen e nas costas, sendo que este último perfurou seu pulmão

por Larissa Bastos

17/06/2022 - 05h00

Marcele Tonelli/JC Imagens

Delegada Márcia Regina dos Santos, da DDM, fala da prisão

O jovem, de 19 anos, que esfaqueou a madrasta durante uma discussão em Bauru está atrás das grades. Ele, que confessou o crime ocorrido em Bauru no último dia 4, já havia sido preso pela Polícia Militar (PM) após a tentativa de feminicídio, contudo, acabou liberado no Plantão da Polícia Civil por ter expirado o prazo de flagrante. Agora, com mandado de prisão temporária expedido pela Justiça, o suspeito foi capturado por equipes da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) e encaminhado a um presídio da região.

Conforme o JC noticiou, segundo o BO, o crime ocorreu por volta das 16h45 do último dia 4, no Jardim Marília, região do Parque TV. Na data, durante uma discussão em via pública, o acusado, que estaria alcoolizado, usou uma faca de cozinha para acertar um golpe no abdômen e nas costas da madrasta, sendo que este último perfurou o pulmão da vítima.

O jovem jogou a arma branca, que foi localizada e apreendida pela polícia, e fugiu em seguida. Já a mulher, de 47 anos, foi socorrida em estado grave e chegou a ser internada na UTI, mas se recuperou e já recebeu alta médica. Inclusive, prestou depoimento com sua versão.

"No dia seguinte aos fatos, o suspeito foi localizado pela PM na casa da mãe, em Agudos, e trazido para o Plantão Policial. Ele confessou ter desferido os golpes contra a madrasta, só que, como não estava mais em situação flagrancial, foi ouvido e liberado. Durante a semana, representei pela prisão temporária dele e o juiz deferiu. Nesta quarta (15), durante diligências na casa da genitora, ele estava lá. Já foi dada voz de prisão", completa a delegada titular da DDM de Bauru, Márcia Regina dos Santos.

Ler matéria completa

×