Bauru

Polícia

Polícia Civil apreende 100 quilos de maconha em rota usada para tráfico

Operação foi realizada pela Dise/Deic de Bauru, em um pedágio na região de Marília; dois homens foram presos

por Larissa Bastos

16/07/2022 - 05h00

Polícia Civil/Divulgação

96 tabletes de maconha foram localizados no banco traseiro de veículo abandonado por suspeitos

A Polícia Civil de Bauru, por meio da 2.ª Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (Dise/Deic), prendeu dois homens em flagrante e apreendeu cerca de 100 quilos de maconha, na manhã desta sexta-feira (15), durante uma operação com foco em uma rota de tráfico usada para abastecer a cidade com entorpecentes.  

De acordo com a corporação, as apurações começaram a fim de desvendar como cargas de maconha estavam chegando em Bauru. Assim, identificaram dois suspeitos e descobriram o itinerário que era feito para buscar a droga em outras cidades.

E, ontem, uma equipe da Dise/Deic, em um pedágio na rodovia Rachid Rayes (SP-333), na região de Marília, abordou um Ford Fusion, que era ocupado justamente por esses dois investigados, sob a suspeita de que eles atuavam como "batedores" (responsáveis por garantir que a droga chegue em segurança ao seu destino final) para um Citroën C4 Pallas.

Quando questionados, os ocupantes, E.R.M. e R.M.S., não conseguiram informar com clareza o motivo da viagem, de qual cidade haviam saído e para onde estavam indo.

Pouco depois, rompeu a mesma praça de pedágio o outro veículo suspeito, em alta velocidade. Com isso, houve acompanhamento pela rodovia, até que o C4 Pallas adentrou um acesso de terra, onde os ocupantes abandonaram o carro e fugiram. Até o fechamento desta edição, apesar das buscas, eles não haviam sido localizados.

Durante vistoria nesse veículo que foi deixado para trás, foram localizados 96 tabletes de maconha no banco traseiro, além de comprovantes de pagamento de praças de pedágio, de abastecimento e de alimentação, que serão investigados.

Diante dos fatos, E.R.M. e R.M.S. foram presos em flagrante por tráfico de drogas e associação ao tráfico e levados para a Cadeia Pública de Avaí, onde permaneceram à disposição da Justiça. Já o entorpecente foi encaminhado para o Instituto de Criminalística (IC) de Bauru.

Ainda segundo a Polícia Civil, as investigações continuam a fim de identificar e prender os criminosos que ocupavam o veículo com o entorpecente.

 

Ler matéria completa

×