Bauru

Polícia

Polícia Civil ganha imóvel e CPJ de Bauru terá nova sede

Prédio fica na Rodrigues e passará por ampla reforma; mudança só deve ocorrer em 2025

por Larissa Bastos

20/07/2022 - 05h00

Google/Reprodução

Prédio doado fica na quadra 20 da Rodrigues Alves, Vila Cardia

A Polícia Civil de Bauru, por meio da Secretaria de Segurança Pública (SSP-SP), ganhou o imóvel onde funcionava a Coordenadoria de Assistência Técnica Integral (Cati), vinculada à Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado, localizado na av. Rodrigues Alves, 20-20, na Vila Cardia. O prédio passará por grande reforma e ampliação, estimadas em mais de R$ 8,5 milhões, para se tornar a nova sede da Central de Polícia Judiciária (CPJ) da cidade.

A doação do edifício, da Agricultura para a SSP, foi publicada no Diário Oficial do Estado do último sábado (16), e só pôde ser concretizada por conta da migração do atendimento da Cati para o prédio do SP Perto, na quadra 13 da avenida Cruzeiro do Sul.

ECONOMIA

A CPJ funciona, desde março de 2013, no imóvel da quadra 23 da Rodrigues Alves (a três quadras da futura sede), onde também está instalada a Divisão Especializada de Investigações Criminais (Deic), da Polícia Civil. Atualmente, a corporação paga R$ 59.681,27 por mês de aluguel pelo local.

A mudança para prédio próprio visa, além de melhorar as operações da corporação, não ter mais esse gasto mensal com locação. De acordo com o diretor do Departamento de Polícia Judiciária do Interior-4 (Deinter-4), Ricardo Luiz de Paula Martines, o projeto para reforma e ampliação do imóvel foi elaborado em 2020 - já que o processo de transferência entre as secretarias se arrasta desde 2019 - e é estimado em R$ 8,6 milhões (o valor foi atualizado este ano).

"A ideia é de que, além da CPJ, outro setor da Polícia Civil também funcione no local. A princípio, seria a DDM (Delegacia de Defesa da Mulher), mas como eles já estão bem instalados ali no prédio da Delegacia Seccional, na Praça Dom Pedro, no Centro, ainda vamos estudar quais as mudanças serão feitas. É provável que o Plantão Policial (também na Praça Dom Pedro hoje) mude para essa nova sede também", detalha Martines.

RECURSO

Antes disso, a corporação precisa angariar os recursos para elaboração das obras junto ao Estado ou Federação. A expectativa é de que todo o processo, desde a obtenção do montante até o término da reforma, dure dois anos e oito meses. Ou seja, a inauguração da nova sede da CPJ será, provavelmente, em 2025.

"O importante é que o primeiro passo, de transferência do imóvel, foi dado. Isso graças ao deputado estadual Itamar Borges, ao secretário de Desenvolvimento Regional Rubens Cury, ao ex-prefeito de Piratininga Sandro Bola, ao empresário Rodrigo Mandaliti e ao vereador de Bauru Mané Losila, que se mobilizaram para agilizar o processo de transferência após a migração da Cati para o prédio do SP Perto", complementa Martines.

Doação de veículo blindado

Além do repasse do imóvel, também foi publicado, no Diário Oficial do Estado no último sábado (16), a doação de um Fiat Cargo blindado da empresa Brink's Transportes de Valores Ltda., avaliado em R$ 122.535,00, para a Polícia Civil de Bauru.

O veículo será usado pelo Grupo de Operações Especiais (GOE), vinculado à Deic, do Deinter-4. 

Ler matéria completa

×