Bauru

Polícia

Polícia Civil apreende 284 cigarros eletrônicos no Núcleo Mary Dota

Venda deste tipo de produto é proibida no Brasil desde 2009; dono não tinha notas fiscais

por Tisa Moraes

27/07/2022 - 05h00

Polícia Civil/Divulgação

Produtos, em sua maioria, contém aditivos com sabores, substâncias tóxicas e nicotina

A Polícia Civil de Bauru apreendeu, em um estabelecimento comercial do Núcleo Mary Dota, em Bauru, 284 cigarros eletrônicos, produtos cuja venda é proibida no Brasil pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) desde 2009. A ocorrência foi registrada após o Setor de Investigações Gerais (SIG) da Central de Polícia Judiciária receber denúncias recorrentes sobre a prática ilegal em uma tabacaria do bairro.

No dia 5 de julho, os policiais civis foram até o local e apreenderam os dispositivos, em sua maioria contendo aditivos com sabores, substâncias tóxicas e nicotina. O proprietário da loja reconheceu que não possuía notas fiscais dos itens e foi preso em flagrante por expor à venda produto nocivo à saúde.

A pena para este crime é de detenção e pode chegar a três anos. O acusado, contudo, foi liberado mediante pagamento de fiança no valor de R$ 3 mil. Ele responderá ao processo em liberdade.

Ler matéria completa

×