Bauru

Polícia

Mais 5 presos 'barrigueiros' são flagrados no CPP-2 com drogas e eletrônicos no corpo

Um deles passou por cirurgia para retirar placa de minicelular do estômago

04/08/2022 - 05h00

Mais cinco detentos do CPP-2 "Dr. Eduardo de Oliveira Vianna" de Bauru foram barrados quando retornavam do trabalho externo com drogas e produtos eletrônicos no interior do corpo. Um deles engoliu uma placa de minicelular e, como não conseguiu expelir o objeto naturalmente, precisou passar por procedimento cirúrgico. Os casos ocorreram na semana passada, mas só foram divulgados nesta quarta (3) pela Secretaria da Administração Penitenciária (SAP).

O JC publicou, recentemente, ampla reportagem sobre o aumento de "barrigueiros" - como são chamados os presos que engolem drogas e telefones - nas unidades prisionais de Bauru em 2022.

O primeiro desses flagrantes mais recentes ocorreu na última quinta-feira (28). O sentenciando foi descoberto pelo escâner corporal e confessou ter ingerido entorpecentes. Ele foi isolado na enfermaria, onde expeliu 20 porções de maconha e 12 de cocaína.

Mais três reclusos tentaram entrar na unidade com maconha no corpo: um com 18 invólucros, outro com três e o terceiro com 14 frações da droga - este ainda foi flagrado com duas porções do mesmo ilícito escondidas na cueca.

O trio conseguiu expelir os itens sem a necessidade de encaminhamento ao hospital.

CIRURGIA

Entretanto, um dos sentenciados não teve a mesma sorte e precisou de ajuda especializada. Ele foi levado à UPA do Bela Vista, mas os medicamentos não fizeram efeito e o preso foi transferido para o Hospital Estadual (HE), onde passou por uma endoscopia digestiva para a retirada da placa de minicelular do estômago.

MAIS OCORRÊNCIAS

Mais dois reclusos que retornavam de trabalho externo foram surpreendidos portando ilícitos, um deles no momento exato em que arremessou uma placa de minicelular por cima da portaria do estabelecimento penal.

O outro tentou entrar no CPP-2 com um celular, mas foi barrado pela equipe de inspeção antes mesmo de passar pelo escâner corporal.

INVESTIGAÇÃO

As drogas e os eletrônicos apreendidos foram encaminhados à Polícia Civil para registro de BO. A direção da unidade instaurou procedimento interno disciplinar, que deverá culminar com a regressão dos detentos para o regime fechado.

 

Ler matéria completa

×