Bauru

Polícia

Polícia Civil prende segundo acusado de morte em posto

Agressões ocorreram em 30 de junho e a vítima, de 41 anos, morreu no dia seguinte

por Larissa Bastos

06/08/2022 - 05h00

Larissa Bastos

Investigações do caso foram conduzidas pela Divisão Especializada de Investigações Criminais (Deic) de Bauru

A Polícia Civil de Bauru, por meio da 3.ª Delegacia de Homicídios da Deic, prendeu, na manhã desta sexta-feira (5), o segundo indivíduo acusado de ter matado Julio Cesar das Virgens, de 41 anos, durante uma briga em um posto de combustíveis na quadra 44 da avenida Nações Unidas, no Núcleo Geisel. O outro investigado, G.C.C.A., de 32 anos, já está atrás das grades desde 7 de julho último, conforme o JC noticiou. Agora, o homicídio é considerado esclarecido pela corporação.

Segundo a Deic, as equipes receberam a informação de que esse segundo suspeito, R.T.S., foragido da Justiça, estaria em uma residência na rua Araújo Leite, no Centro. Então, os agentes foram até o endereço ontem para dar cumprimento ao mandado de prisão temporária, de 30 dias.

R.T.S. foi levado à Deic de Bauru, onde foi interrogado sobre o dia dos fatos. Em seguida, foi encaminhado à Cadeia Pública de Avaí, onde permaneceu à disposição da Justiça.

RELEMBRE O CASO

Conforme o JC noticiou, o crime ocorreu por volta das 5h50 do último dia 30 de junho. Foi apurado que, na ocasião, a vítima e os dois suspeitos estavam no posto de combustíveis, quando, em certo momento, se desentenderam.

Julio Cesar foi atingido por pauladas na cabeça e por cadeiradas. Após as agressões, a dupla fugiu. A vítima foi socorrida em estado gravíssimo com diversos ferimentos, mas não resistiu e morreu no dia seguinte, em 1 de julho.

Ler matéria completa

×