Bauru e grande região

Política

Novos vereadores de Bauru detalham 'bandeiras'

por Thiago Navarro

05/10/2016 - 07h00

Barude foca esporte e busca de recursos

Ex-titular da Semel  promete ampliar leque de assuntos em seu mandato

Samantha Ciuffa
Roger Barude disputou eleição pela primeira vez

Eleito no último domingo (2) com 1.674 votos, Roger Barude (PPS), 47 anos, teve como uma das principais bandeiras de campanha a melhoria do esporte em Bauru. Secretário municipal de Esportes e Lazer (Semel) entre 2012 e 2016, ele esteve à frente da pasta e liderou dois Jogos Abertos do Interior (2012 e 2014). Em sua gestão vieram para a cidade eventos como Liga das Américas e Liga Sul-Americana de Basquete, Open de Vôlei de Praia, Copa SP de Futebol Júnior (Noroeste) e Copa SP de Ciclismo, entre outros, além de buscar aproximação com as modalidades em geral.

Agora, como vereador (a partir de 2017), Barude pretende ser um porta-voz dos esportistas locais, mas também abrir o leque de atuação no Legislativo. “Pretendo me reunir com os esportistas de Bauru, até pela experiência que tive na Semel, é uma área que tenho um carinho especial. Quero fazer um mandato com propostas, temos que ajudar a buscar recursos também, e no esporte uma das prioridades será a melhoria da Lei de Incentivo ao Esporte, com a possibilidade de aumentar o percentual atual de repasse de ISS para as modalidades, que hoje é de até 5%, e também que isso possa ser revertido ao Fundo Municipal de Esportes.

A Semel precisa de mais recursos e ampliar o quadro de servidores para dar conta da demanda, e também fortalecer as parcerias com as entidades do setor”, aponta. “Mas reitero que vou estar atento a todos os setores, Bauru é uma cidade com demandas em diversas áreas, e um papel importante do vereador é fiscalizar o trabalho do Poder Executivo, algo que vou fazer também”, argumenta.

Até por conta da ligação com o segmento esportivo, Barude é um nome que naturalmente tem chance de integrar a Comissão de Esportes do Legislativo. “Acho que é importante a gente participar das comissões nas quais temos afinidade. É necessário que as pessoas procurem entender bem de cada assunto para poder discutir com profundidade dentro da Câmara”, acredita.

Sem ter um reduto eleitoral específico, Roger Barude foi eleito com votação diluída por diversos bairros de Bauru. Até por isso, pretende olhar com atenção para a cidade de maneira geral. “A saúde é um problema hoje em Bauru, e vamos olhar atentamente para o setor, buscando propostas que possam melhorar isso, pois durante a campanha foi um dos assuntos que mais vi as pessoas comentarem, a dificuldade em conseguir internação nos hospitais e em fazer exames mais complexos. A cidade vai precisar pleitear novos leitos junto ao governo estadual, que administra os hospitais”, conclui Barude, que juntamente com o PPS apoia o candidato Raul (PV). Ele acredita que isso pode ajudar a cidade a chegar a soluções na área, pelo fato de Raul ser médico e estar próximo ao PSDB do governador Geraldo Alckmin.

Cabelo defende a ‘mudança na política’

Com base no Mary Dota e Redentor, ele promete atuar em conjunto com Roger

Samantha Ciuffa
Ricardo Cabelo pretende ser um vereador para a cidade toda

Ricardo Pelissaro Loquette, o Cabelo (PPS), conseguiu se eleger em sua segunda disputa para vereador (a outra foi em 2012). Ele comemora o fato de, desta vez, ter sido escolhido pela população. Morador do Núcleo Mary Dota, Cabelo teve boa votação no bairro e também na região do Geisel/Redentor, onde está seu principal reduto eleitoral. Foram 1.512 votos, a menor quantidade entre os 17 eleitos para a Câmara.

Atualmente com 38 anos e gerente de um posto de combustíveis, ele trabalhou na adolescência como jornaleiro, no Jornal da Cidade. “Foi o meu primeiro emprego”, recorda. Sobre suas principais propostas, Cabelo prega mudança na política bauruense. “Eu chego para tentar ajudar nesse processo de mudança. Bauru viveu um momento difícil, a cidade ficou para trás em muita coisa. Era para a cidade estar no mesmo patamar de Ribeirão Preto, e hoje estamos concorrendo com Marília e Presidente Prudente. É hora de Bauru voltar a crescer, e lutar pela população mais carente”, analisa.

Dentro dessa ideia, Cabelo afirma que não será apenas um vereador focado em regiões específicas, mas na cidade toda. “Eu vou ser vereador de Bauru, não apenas do Mary Dota ou do Redentor. As pessoas que precisarem de mim podem me procurar, que estarei à disposição na Câmara, para atender quem precisar, de qualquer lugar”, comenta.

O tema que merece mais atenção, na visão do parlamentar eleito, é a saúde. “Acho que esse é o principal problema de Bauru hoje. Além da questão da infraestrutura dos bairros mais carentes, tem várias partes da cidade que ainda estão sem asfalto, então é algo que precisará ser cobrado na Câmara sempre. E a saúde preocupa, porque a gente vê a todo momento reclamação das pessoas e pacientes morrendo em filas de espera, no Pronto Socorro e UPAs, porque não consegue vaga em hospital”, lamenta. “Eu e o Roger, que vamos formar a bancada do PPS, queremos trabalhar unidos com outros vereadores para ajudar a encontrar soluções para o problema da saúde, temos que somar forças”, menciona.

Cabelo conclui falando sobre a dificuldade em ser eleito neste ano. “As pessoas  estão cansadas da política e, às vezes, a gente via até amigo de candidato falando que não queria votar em ninguém, que anularia o voto. E realmente teve muito voto branco e nulo, isso até baixou o quociente eleitoral neste ano, então não foi fácil fazer campanha, e conseguir chegar a entrar como vereador”, destaca. Novato no mundo da política, ele diz que contará com o apoio do presidente local do PPS, Arnaldo Ribeiro. “O Arnaldo é uma pessoa que tem uma vida dentro da política e conhece muita coisa, vou procurá-lo sempre para buscar orientação”, completa.

Conheça os novos vereadores em sequência que começará hoje

O JC inicia nesta quarta-feira (5) uma série de entrevistas com os seis parlamentares de Bauru eleitos pela primeira vez, sempre com dois futuros vereadores por edição. Hoje, estão os representantes do PPS, Roger Barude e Ricardo Cabelo. Nessa quinta-feira (6), o Jornal da Cidade divulga entrevistas com Coronel Meira (PSB) e Yasmim Nascimento (PSC), e na sexta-feira com os recém-eleitos Mané Losila (PDT) e Serginho Brum (PSD).

No sábado, a série termina com a publicação de entrevistas com os dois candidatos eleitos que já foram vereadores em outras ocasiões, mas atualmente estão fora do Legislativo, que são Chiara Ranieri (DEM) e pastor Luiz Barbosa (PRB). Os outros nove vereadores eleitos no domingo já estão na Câmara neste momento: Fábio Manfrinato (PP), Markinho da Diversidade (PP), Sandro Bussola (PDT), Segalla (DEM), Natalino da Pousada (PV), Carlinhos do PS (PV), Telma Gobbi (SD), Carlão do Gás (PMDB) e Miltinho Sardin (PTB).