Bauru e grande região

Política

Presidente da Emdurb representará contra vereador por se sentir ofendido na tribuna

Elizeu Eclair afirma que Ricardo Cabelo o chamou de 'bandido' na última sessão

por Thiago Navarro

15/05/2019 - 07h00

Malavolta Jr.
Elizeu Eclair diz que também entrará na Justiça

Aceituno Jr.
Cabelo quer tomar conhecimento da situação

O presidente da Emdurb, Elizeu Eclair, vai entrar com representação na Comissão de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara Municipal contra o vereador Ricardo Cabelo (Cidadania). O motivo foi a declaração do parlamentar durante o uso da tribuna da Câmara, na sessão ordinária da última segunda-feira (13). Na ocasião, Cabelo criticou algumas atitudes da empresa municipal na área de trânsito, especialmente a proibição de estacionamento na região da avenida Getúlio Vargas no período noturno, e chamou Eclair de "bandido".

Nessa terça-feira (14) mesmo, o presidente da Emdurb já comunicou que está entrando com representação na Comissão de Ética e também disse que levará o caso para a Justiça nas esferas criminal e civil.

De acordo com Eclair, o direito à crítica faz parte da atividade parlamentar, mas deve vir acompanhado do respeito. "O vereador tem o direito de criticar. Vários já fizeram isso e estão dentro da liberdade de atuação e de fiscalizar o governo. Mas a crítica deve ser sobre o trabalho, e não sobre a pessoa. As coisas têm limites. O que aconteceu foi uma quebra de decoro, pois faltou com respeito, houve ofensa", afirma Eclair. "Desde hoje (terça-14), um advogado já está cuidando disso. Vou entrar com processo na Justiça e representar na Comissão de Ética da Câmara Municipal", completa.

Assim que a representação for para a Câmara, a Mesa Diretora remeterá o processo ao presidente da Comissão de Ética e Decoro Parlamentar, que tem como presidente o vereador Markinho Souza (PP). Ele, então, nomeará um relator, entre os outros 11 membros do grupo, para que faça a avaliação. 

Ao JC, o vereador Ricardo Cabelo afirmou que primeiro vai tomar conhecimento do conteúdo da representação, para, depois, apresentar um posicionamento.