Bauru e grande região

Política

Bauru terá centro tecnológico inédito

Ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Marcos Pontes esteve na cidade nessa sexta (7) e anunciou Centro de Tecnologias Assistivas

por Thiago Navarro

08/06/2019 - 07h00

Samantha Ciuffa
Cláudia Queda de Toledo, Clodoaldo Gazzetta, Coronel Tadeu, Capitão Augusto, Marcos Pontes, Major Olímpio, Cezinha de Madureira, Rodrigo Agostinho, José Roberto Segalla e Marcos Bilancieri

Pela primeira vez em Bauru desde que assumiu o cargo, o ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Marcos Pontes, anunciou nessa sexta-feira (7) a criação de um Centro de Tecnologias Assistivas na cidade. O prédio que era usado pela Funcraf, no Distrito Industrial 2, é o ponto escolhido para receber o centro inédito, que desenvolverá serviços e tecnologias voltadas a pessoas com deficiência, em parceria com a Prefeitura de Bauru, que precisará ceder a área.

O prefeito Clodoaldo Gazzetta (PSD) vai buscar um acordo com a Funcraf para o impasse do uso do terreno, que está na Justiça, e, assim, permitir o uso pelo novo centro do Ministério da Ciência.

O ministro Marcos Pontes falou com otimismo sobre a criação do centro tecnológico. "Está na parte jurídica do Ministério a aprovação deste projeto. Vamos desenvolver empresas, serviços e produtos para pessoas com deficiências. Por enquanto, será o único do País e vamos trabalhar em rede com entidades", afirma.

Um centro parecido foi criado em Campina Grande (PB) para produtos ligados à água e ao abastecimento. "Os centros de tecnologia aplicada são grupos que estamos criando no Ministério. O primeiro foi o de águas, em Campina Grande, na Paraíba. O mesmo acontecerá agora em Bauru, com a área de tecnologias assistivas, procurando integrar todas as tecnologias, com o desenvolvimento de startups, incubadora de empresas economicamente viáveis", lembra.

"O escritório de gerenciamento de projetos vai ser conectado pela Plataforma Carlos Chagas, que a comunidade científica vinha pedindo. No caso do centro que será desenvolvido em Bauru, todas as tecnologias desta área assistiva poderão entrar em desenvolvimento, com um salto de qualidade em produtos, virando um centro de referência nacional", cita.

PRESENÇAS

O anúncio do novo centro foi feito a prefeitos da região no auditório da Instituição Toledo de Ensino (ITE), com a presença do prefeito Clodoaldo Gazzetta, dos deputados federais Rodrigo Agostinho (PSB), Capitão Augusto (PL), Coronel Tadeu (PSL) e Cezinha de Madureira (PSD), o senador Major Olímpio (PSL), e o prefeito de Boraceia, Marcos Bilancieri, presidente da Associação de Municípios do Centro do Estado de São Paulo (Amcesp). Também ontem, Marcos Pontes participou da posse do Conselho Municipal de Ciência e Tecnologia.

O senador Major Olímpio destacou a necessidade de que ao recursos fiquem nos municípios. "Eu sou a favor de que mais recursos permaneçam nos municípios, precisamos de uma reforma tributária", disse.

Já os dois parlamentares da região pontuaram sobre causas em que atuam. Capitão Augusto falou sobre segurança pública. "A segurança pública continua como a nossa prioridade. O videomonitoramento é um dos pedidos mais frequentes dos municípios. E venho mantendo diálogo com o ministro Sergio Moro para ampliar o serviço a mais prefeituras", lembrou Augusto.

Rodrigo Agostinho destacou aspectos da legislação ambiental e do combate à corrupção. "A retomada de grandes obras de saneamento básico na Capital e Grande São Paulo é necessária para ajudar os municípios do Interior, evitando a poluição do Rio Tietê, e estamos trabalhando para ajudar nisso", frisou Agostinho.

DEMANDAS

Os prefeitos aproveitaram o encontro para pedir o apoio do governo federal em demandas da região. No começo da solenidade, a reitora do Centro Universitário de Bauru - Instituição Toledo de Ensino (ITE), Cláudia Queda de Toledo, descerrou uma placa em homenagem ao ministro Marcos Pontes.