Bauru e grande região

Política

Suspeito de atacar juíza irá para hospital psiquiátrico

por FolhaPress

05/10/2019 - 06h00

São Paulo - O procurador da Fazenda Nacional Matheus Carneiro Assunção, preso nesta quinta-feira (3) sob suspeita de tentar matar uma juíza na sede do TRF-3 (Tribunal Regional Federal da 3ª Região), em São Paulo, será transferido para um hospital psiquiátrico em Tremembé (SP).

A decisão é da juíza federal Andréia Sarney, da 1ª Vara Criminal de São Paulo, após audiência de custódia na tarde desta sexta (4). Assunção é suspeito de atacar, com uma faca, a juíza Louise Vilela Leite Filgueiras Borer. Ela teria sofrido ferimentos leves no pescoço, mas, segundo a assessoria do TRF-3, passa bem.

O procurador foi preso em flagrante pela Polícia Federal por tentativa de homicídio qualificado.Sua defesa diz que ele está em estado de surto e tem problemas psiquiátricos. O procurador tem histórico de problemas de saúde mental e já teria solicitado licença para tratamento em outras ocasiões.

Em nota, o Sindicato Nacional dos Procuradores da Fazenda Nacional afirmou que lamenta o ocorrido e se solidariza com com a juíza Louise.

A associação disse que o ataque "surpreende a todos da carreira e, principalmente, àqueles mais próximos de Matheus". O texto descreve o procurador como um profissional dedicado, estimado por amigos e colegas de trabalho.

Ler matéria completa