Bauru e grande região

Política

Vereadores querem reduzir mudanças no organograma

Secretários serão convocados para a reunião da Comissão de Justiça da Câmara

06/11/2019 - 05h14

Quioshi Goto/JC Imagens

Reunião da Comissão de Justiça da Câmara Municipal, nesta terça (5), discutiu o projeto de lei com parte do novo organograma

A reunião da Comissão de Justiça da Câmara Municipal, nesta terça-feira (5), discutiu o projeto de lei com parte do novo organograma apresentado pelo prefeito Clodoaldo Gazzetta (PSD), com a criação do Instituto de Planejamento (IP), a extinção da Secretaria de Planejamento e a criação da Secretaria de Fiscalização e Licenciamento, e da Secretaria de Governo.

O projeto ainda pretende criar as coordenadorias de Segurança Pública, Cidadania e Direitos Humanos, Juventude, Pessoa com Deficiência e Direito dos Animais. Contudo, os parlamentares falam em reduzir a proposta, mantendo apenas a criação do Instituto de Planejamento, já previsto no Plano Diretor. "Trata-se de uma iniciativa coletiva. Vamos ver se há a sensibilidade do governo em avançar nesse sentido ou se há meios para que parta da Câmara as alterações no projeto", afirma o presidente da comissão, o vereador Sandro Bussola (PDT).

O relator do projeto na Comissão de Justiça, vereador Pastor Luiz Barbosa (PRB), deu parecer pela normal tramitação, porém os demais ainda não manifestaram seus votos - Coronel Meira (PSB), Natalino da Silva (PV), Roger Barude (Cidadania) e o presidente Bussola. Na semana que vem, os secretários municipais de Administração, Donizete do Carmo dos Santos, e de Planejamento, Letícia Kirchner, serão convocados para dar mais detalhes sobre a proposta. A vereadora Chiara Ranieri (DEM) também participou da reunião desta terça-feira na comissão.

Ler matéria completa