Bauru e grande região

Política

Após 6 meses, prefeitura contrata empresa para recuperar arquivos

O setor de tecnologia da informação estima que acesso aos documentos deve estar disponível até o mês que vem

por Thiago Navarro

29/11/2019 - 04h48

Malavolta Jr.

David Françoso afirma que a recuperação dos arquivos deve ser rápida

Depois de seis meses, a Prefeitura de Bauru deve conseguir a recuperação de arquivos que ficaram inacessíveis em maio deste ano. A licitação para a contratação da empresa Digital Recovery Tecnologia Ltda foi concluída nesta semana, pelo valor de R$ 200 mil. O setor de tecnologia da informação da prefeitura detectou o problema em 29 de maio - portanto, o problema completa seis meses hoje, 29 de novembro.

O coordenador de informática da prefeitura, David Françoso, afirma que a estimativa é ter os arquivos recuperados neste próximo mês. "A licitação foi finalizada e agora o contrato deve ser assinado semana que vem. A partir da assinatura do contrato, a empresa terá dez dias para realizar o serviço de recuperação. Os arquivos mais afetados foram projetos das Secretarias de Obras e de Planejamento, e também alguns arquivos da Secretaria de Administração. Esperamos recuperar todos, pois não houve a perda dos dados. O que aconteceu é que ficaram inacessíveis com o problema ocorrido no equipamento", lembra.

A pane atingiu os dados em Storage EVA HP e a prefeitura afirma que não houve perda de nenhum material, porém, não consegue ter acesso por falha na leitura dos discos. A recuperação desse material é que está sendo contratada. A empresa Digital Recovery, que fará a recuperação, é de São Paulo e tem escritórios em Goiânia/GO e em Hamburgo, na Alemanha.

A falta de acesso aos arquivos foi mostrada na Câmara Municipal, em junho, pelo vereador José Roberto Segalla (DEM). Em seguida, o JC revelou que a prefeitura contrataria a empresa Digital Recovery por dispensa de licitação, por R$ 200 mil, o que foi questionado pelos vereadores Manoel Losila (PDT) e Telma Gobbi (SD). O município cancelou a contratação e abriu uma concorrência normal. A mesma empresa venceu, com valor igual ao apresentado na época.

Prevenção

A coordenadoria de tecnologia da informação adianta que tomará medidas para evitar novos 'apagões' na prefeitura. "Vamos apresentar um plano de backups para toda a prefeitura e a nossa intenção é que uma situação como esta não aconteça novamente. Esse processo licitatório começou antes que eu assumisse o cargo e agora estamos concluindo para ter essa recuperação dos arquivos e depois evitar que isso ocorra outras vezes", afirma David Françoso. 

Ler matéria completa