Bauru e grande região

Política

Proposta de mudança no cargo de merendeira

Proposta em tramitação retoma a classificação de "assistente" e não mais de "agente" para o cargo

20/03/2020 - 05h38

O secretário de Administração, Donizete do Carmo dos Santos, e a procuradora jurídica da Prefeitura Gabriella Luccarelli Rocha participaram terça-feira de uma reunião da Comissão de Justiça, Legislação e Redação para discutir Projeto de Lei do prefeito Clodoaldo Gazzetta que trata do enquadramento do cargo e da remuneração das merendeiras da Secretaria de Educação. O encontro foi solicitado pelo vereador Coronel Meira (PSB), que é relator da matéria.

A proposta em tramitação retoma a classificação de "assistente" e não mais de "agente" para o cargo de merendeira, mas mantém a remuneração a maior obtida pelas servidoras anteriormente conquistada. A primeira mudança foi feita por meio de Lei Municipal, mas a norma foi alvo de denúncias junto ao Ministério Público e ao Tribunal de Contas. "Com o intuito de evitar transtornos futuros, foram realizados vários estudos, chegando-se a conclusão de que a questão seria melhor resolvida retornando o cargo de merendeira para a categoria estabelecida inicialmente", diz Clodoaldo Gazzetta.

Ler matéria completa