Bauru e grande região

 
Política

Ginásio deve receber moradores de rua dentro de uma semana

O projeto de lei de repasse de verba para a entidade será votado nesta segunda

por Thiago Navarro

27/06/2020 - 04h48

Aceituno Jr.

O Darcy César Improta, no Geisel, será abrigo a moradores de rua

O secretário municipal de Bem-Estar Social (Sebes), José Carlos Fernandes, afirma que o Ginásio Darcy César Improta, no Geisel, deve estar em uso para receber a população de rua em uma semana. A Casa do Garoto já tem a permissão de uso do imóvel, publicado em decreto municipal, e a Câmara votará em duas sessões nesta segunda-feira (29) o projeto de lei que autoriza o repasse de R$ 120 mil para a entidade.

De acordo com Fernandes, assim que o projeto for aprovado e sancionado pelo prefeito Clodoaldo Gazzetta (PSDB), o convênio já será assinado com a Casa do Garoto, que fará toda a montagem da estrutura e contratação de profissionais. "Em uma semana já devemos ter condições de começar a receber as pessoas. A Casa do Garoto também vai fazer a abordagem social, pois há uma parcela da população de rua ainda resistente a ir para as casas de passagem. No ginásio, eles poderão levar os animais, pois muitos cuidam de cachorros e alegam que não vão para as casas de passagem pois não há espaço para os animais", lembra. São 20 vagas, podendo haver ampliação, caso necessário, para chegar a 30.

REPASSE

A Câmara votará nesta segunda-feira o projeto que permite o repasse de R$ 120 mil para a Casa do Garoto, sendo R$ 48 mil de verba municipal e R$ 72 mil de verba federal.

No mesmo projeto, também estão convênios para a Aelesab, Cáritas Diocesana, Comunidade Bom Pastor e Instituto das Apóstolas do Sagrado Coração de Jesus, no valor de R$ 8,3 mil cada, mais R$ 16,7 mil para a Casa do Garoto, R$ 33,5 mil para a Fundato, R$ 10,5 mil para a Associação Beneficente Cristã, R$ 7,5 mil para a Sociedade Enéas de Aguiar e R$ 7,5 mil para a Vila Vicentina.

Todas essas entidades já desenvolvem trabalhos sociais, e tiveram ampliação da demanda na pandemia. Além desse projeto, a Casa do Garoto terá ainda R$ 53,7 mil para a abordagem da população de rua, previsto em outro projeto, também a ser votado nestas sessões da Câmara Municipal, dia 29. "A entidade vai providenciar o deslocamento dos moradores de rua em vans, das regiões em que eles estão até o ginásio. Haverá fornecimento de alimentação e o ginásio já tem chuveiros e banheiros prontos. A montagem do que falta será bem rápida. A duração do projeto é de três meses", conclui.

A Sebes também está comprando 2 mil cobertores para atender a população de rua.

NA CÂMARA

A Câmara discutiu o tema em reunião da Comissão de Educação e Assistência Social, neste mês. Nesta sexta (26), uma audiência pública foi realizada, a pedido da vereadora Chiara Ranieri (DEM). E, nesta segunda, estão na pauta das sessões os projetos que permitem a liberação de verba, já incluindo o que permitirá o uso do ginásio de esportes como alojamento a pessoas em vulnerabilidade.

Ler matéria completa