Bauru

Política

7 de Setembro tem ato contra o governo federal em Bauru

Associações sindicais, de classe e movimentos estudantis protestaram contra presidente Bolsonaro

por Guilherme Tavares

07/09/2021 - 16h43

Fotos: Guilherme Tavares

Manifestantes saíram em passeata pelas ruas da região central

Por volta das 9h30 desta terça-feira (7), manifestantes se concentraram em frente à Câmara de Bauru para protestar contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Eles usaram um carro de som, faixas e cartazes para demonstrar descontentamento com o governo federal e com pautas classificadas como antidemocráticas. Entre os organizadores, estavam sindicatos, movimentos estudantis e sociais e outras entidades. A avenida Rodrigues Alves ficou interditada e o ato foi acompanhado pela Polícia Militar (PM) e por agentes de trânsito da Emdurb.

Durante cerca de uma hora, os participantes discursaram contra a corrupção, criticaram a política econômica e pediram o impeachment do presidente. Além do “Fora Bolsonaro”, também defenderam pautas como o “Lute pelo HC” e direitos dos trabalhadores. Depois, os manifestantes saíram em passeata pela região central. No trajeto, homenagearam o ex-vereador Roque Ferreira, que morreu de Covid-19 em setembro do ano passado.

Para o coordenador da subsede da Apeoesp em Bauru, Marcos Chagas, o ato serve para marcar o descontentamento nas cidades do Interior. “Bauru é referência na região e temos que nos posicionar. O Bolsonaro é um risco para a democracia, para a condição de vida da população. Ataca as eleições e as instituições do Estado.”

Com duas doses da vacina, a estudante de Medicina na FOB/USP Letícia Alcantara Silva Chaparim, 23 anos, disse que se sentiu no dever de participar. “Sei que muitas pessoas não puderam vir por causa da pandemia, mas quando o governo é pior do que o vírus não tem como não ajudar”.

Depois da caminhada, os manifestantes voltaram para a frente da Câmara. O ato terminou por volta de 12h e o trânsito foi liberado.

CONFUSÃO

Ainda no começo do ato, dois jovens com bandeiras do movimento monarquista foram levados pela PM até o Plantão Policial após um entrevero com os manifestantes.

A confusão foi rapidamente contida pelo policiamento e o caso foi registrado como vias de fato.

Ler matéria completa

×