Bauru

Política

Audiência Pública nesta sexta-feira vai debater o Orçamento Estadual de 2022 para região de Bauru

Serão realizadas ainda outras 17 audiências até o dia 14 de outubro

09/09/2021 - 05h00

A Câmara Municipal de Bauru recebe, nesta sexta-feira (10/9), às 10h, no Plenário "Benedito Moreira Pinto", Audiência Pública para o Orçamento de São Paulo em 2022, ouvindo as demandas dos munícipes da região administrativa de Bauru. A iniciativa é da Comissão de Finanças, Orçamento e Planejamento da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp). O encontro ocorre em sistema híbrido no Plenário da Câmara, de forma presencial e em ambiente virtual. A Comissão de Finanças, Orçamento e Planejamento (Cfop) da Alesp já realizou 10 audiências, que tiveram início no dia 13 de agosto. O colegiado é presidido pelo deputado estadual Gilmaci Santos (Republicanos).

Serão realizadas ainda outras 17 audiências até o dia 14 de outubro. As sugestões e demandas apresentadas são coletadas pela comissão e podem se tornar emendas e fazer parte do Orçamento de 2022. Para o próximo ano, o governo do Estado estima uma receita de R$ 245,5 bilhões e despesas de R$ 228,5 bilhões.

O objetivo é ouvir as demandas da comunidade da Região Administrativa (RA) de Bauru para recolher sugestões, ideias e propostas que possam aprimorar a aplicação dos recursos paulistas. Fazem parte da RA Bauru as cidades de Agudos, Arealva, Avaí, Balbinos, Bariri, Barra Bonita, Bauru, Bocaina, Boraceia, Borebi, Cabrália Paulista, Cafelândia, Dois Córregos, Duartina, Getulina, Guaiçara, Guaimbê, Guarantã, Iacanga, Igaraçu do Tietê, Itaju, Itapuí, Jaú, Lençóis Paulista, Lins, Lucianópolis, Macatuba, Mineiros do Tietê, Paulistânia, Pederneiras, Pirajuí, Piratininga, Pongaí, Presidente Alves, Promissão, Reginópolis, Sabino, Ubirajara e Uru.

Ler matéria completa

×