Bauru

Política

Câmara aprova Processante contra a prefeita Suéllen Rosim

Pedido do advogado Elias Brandão foi aprovado por 8 a 7. Chiara presidirá e Berriel será o relator

por Tânia Morbi

20/06/2022 - 17h52

Rafaela Monteiro

Câmara Municipal de Bauru tem sessão quente nesta segunda

Foi aprovada na tarde desta segunda-feira (20) a instauração de uma Comissão Processante (CP) contra a prefeita Suéllen Rosim (PSC), com base no pedido protocolado pelo cidadão Elias Brandão. O pedido foi baseado nas indicações de irregularidades elencadas pelo relatório da CEI que apurou a aquisição de 16 imóveis pela Secretaria de Educação no montante de R$ 34,8 milhões, em 2021. O pedido aprovado foi o segundo lido na sessão. O primeiro foi rejeitado pela diferença de um voto. O vereador Mané Losila (MDB) não participou da sessão.

O segundo pedido foi aprovado pelo placar de oito votos a sete, com a diferença de que o vereador Pastor Bira mudou seu posicionamento. Assim, além dele, foram favoráveis à CP os vereadores Coronel Meira (União Brasil), Chiara Ranieri (União Brasil), Junior Lokadora (PP), Estela Almagro (PT), Guilherme Berriel (MDB), José Roberto Segalla (União Brasil) e Eduardo Borgo (PMB).

Votaram contra a instauração os vereadores Beto Móveis (Cidadania), Pastor Edson Miguel (Republicanos), Julio Cesar (PP), Marcelo Afonso (Patriota), Miltinho Sardin (PTB), Serginho Brum (PDT) e Junior Rodrigues (PSD). O presidente Markinho Souza (PSDB) só se manifestaria em caso de empate.

Foram sorteados para compor a CP a vereadora Chiara Ranieri, Júlio Cesar e Guilherme Berriel. Eles vão iniciar os trabalhos nesta terça-feira (21/6). Após a aprovação da CP, foram sorteados os nomes dos vereadores que irão compor a comissão. Chiara será a presidente, Berriel será o relator e Júlio Cesar ocupará a função de membro da comissão.

Caso a Processante conclua pela cassação da prefeita, seriam necessários 12 votos favoráveis à perda do mandato de Suéllen.

Ler matéria completa

×