Bauru e grande região

Regional

Cantor sertanejo de Brotas foi ganhador do Grammy Latino

24/01/2010 - 07h00

O cantor sertanejo Daniel dispensa apresentações. Seu talento, reconhecido nacionalmente, foi premiado quatro vezes como o melhor cantor do Brasil e no ano passado ganhou o Grammy Latino com o álbum “As músicas do filme O Menino da Porteira”. Ele é nascido em Brotas (100 quilômetros de Bauru).

Com 12,6 milhões de discos vendidos em toda a sua carreira, 8 CDs João Paulo & Daniel, 15 CDs solo e 3 DVDs, o cantor sertanejo que recebeu o nome de José Daniel Camillo é o terceiro dos quatro filhos do casal José Sebastião e Maria Aparecida Cantador Camillo. É, com certeza, o mais famoso brotense.

Daniel começou a cantar ainda criança como uma forma de carinho para com seu irmão Gilmar, uma criança especial. Ele percebeu que a música fazia Gilmar ficar feliz.

Aos 5 anos, ele ensaiava os primeiros acordes no violão do pai, seu maior incentivador. José Camillo foi quem presenteou o cantor sertanejo com seu primeiro violão, aos 8 anos.

Os dois cantaram em bar da família e na praça central de Brotas, nos finais de semana. A dupla chegou a se apresentar na rádio Brotense, quando o pai usava o pseudônimo de Teodoro.

Mas foram nos festivais de música da região que Daniel encontrou seu caminho ao conhecer José Henrique dos Reis, o João Paulo, que se tornou seu companheiro inseparável. Nascia a dupla João Paulo e Daniel.

A dupla gravou o primeiro disco em 1985, mas o reconhecimento nacional chegou com canções como “Desejo de amar” e “Estou apaixonado”. Em 97, um acidente automobilístico tirou a vida de João Paulo e Daniel pensou até em abandonar a carreira.

Com o apoio da família, amigos e fãs, o brotense continuou a carreira sem esquecer suas raízes sertanejas. No ano passado, Daniel deu um novo salto em direção ao sucesso, interpretou o personagem Diogo do remake de “O Menino da Porteira”, lançado no mês de março e assistido por cerca de meio milhão de pessoas nos cinemas. Na mesma época atuou na novela “Paraíso” da Rede Globo, de Benedito Rui Barbosa no papel do peão Zé Camilo.

O ano de 2010 começa com novidades, o cantor passa a gravar pela Som Livre, depois de mais de 20 anos de projetos na Warner Music. O primeiro álbum dessa nova fase vai se chamar “Raízes”, em CD e DVD, e foi gravado dia 13 de janeiro em Paulínia no interior de São Paulo.

O 4º DVD da carreira deve ser lançado em meados de abril deste ano. A nova fase também inclui escritório próprio, sem empresário, por uma decisão de Daniel de seguir sua carreira desta forma daqui pra frente.

____________________

Daniel reconstrói cinema

O prédio da rádio Brotense onde Daniel começou a cantar é hoje o cine São José. O imóvel pertence ao cantor sertanejo, que reconstruiu o antigo cinema que ficou por 20 anos de portas fechadas.

Reinaugurado no ano passado com a exibição do filme Menino da Porteira, o cinema tem um palco próprio para apresentações culturais.

Ler matéria completa