Bauru e grande região

Regional

Onça do Zoológico de Garça é envenenada dentro da própria jaula

15/10/2015 - 07h10

Uma onça luta para sobreviver após ser vítima de um suposto envenenamento dentro do Zoológico de Garça (70 quilômetros de Bauru), onde vivia. O caso já está sob investigação. O fato teria ocorrido há cerca de 30 dias, mas só ganhou repercussão nessa quarta-feira (14), depois que um vídeo do animal em uma área reservada do Bosque  Municipal vazou nas redes sociais. Na sequência, a Prefeitura de Garça postou um comunicado em seu site, onde relatou o ocorrido. Não se sabe quem poderia ter envenenado a onça.

Segundo a nota da própria prefeitura, o animal apresentou sinais de envenenamento e precisou ser retirado do zoológico.

A onça foi transferida para uma área reservada do Bosque Municipal, onde está sendo tratada por uma equipe e recebe cuidados intensivos. Também não tem contato com os visitantes, que frequentemente, visitam a área.

Ainda de acordo com assessoria de imprensa da prefeitura, no último final de semana, mesmo sem autorização, algumas pessoas invadiram esse espaço reservado, cujo presença só é autorizada para funcionários do bosque, e efetuaram filmagens da onça. Essas imagens foram postadas nas redes sociais.

Diante dessa invasão do espaço público, a Prefeitura de Garça registrou boletins de ocorrência. Adicionalmente, a Polícia Ambiental foi acionada e verificou o local e o animal adoentado, atestando que todos os procedimentos necessários estão sendo efetuados visando preservar a vida da onça, que está bastante debilitada.

Segundo a prefeitura, o Zoológico de Garça possui uma infraestrutura adequada para abrigar um significativo número de animais de várias espécies e está na restrita lista de zoos do Estado que atendem às exigências apresentadas pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama).