Bauru e grande região

Regional

Casa de benzedeira pega fogo e altar de orações fica intacto

Família perdeu tudo no incêndio em Agudos e pede a doação de móveis, roupas e alimentos

por Lilian Grasiela

17/08/2016 - 07h00

Divulgação
Estrutura de imóvel atingido por incêndio ficou completamente danificada

A casa de uma conhecida benzedeira de Agudos (13 quilômetros de Bauru), localizada na rua Dilson Silva de Oliveira, no bairro São Faustino (Pavimentação), foi atingida por um incêndio na manhã dessa terça-feira (16). No local, além dela, viviam outras três mulheres. A família, que perdeu tudo e está abrigada na residência de parentes, pede doação de móveis, roupas e alimentos.

Conhecida como “Dona Nega”, a benzedeira, que completa nesta quarta-feira (17) 94 anos, morava no imóvel com a filha de 73 anos, a neta, uma professora de 44 anos, e a bisneta de 6 anos. Uma das hipóteses é de que vela acesa na sala tenha dado início ao fogo.

A reportagem apurou que, apesar dos estragos, o altar de orações nos fundos da casa onde a idosa fazia suas orações ficou intacto. O incêndio foi controlado pelo Corpo de Bombeiros, com ajuda de funcionários da prefeitura. Por sorte, ninguém ficou ferido.

Quando os moradores de Agudos souberam do fato, deram início a campanha nas redes sociais para ajudar “Dona Nega” como forma de retribuir o carinho que ela sempre teve com a comunidade. O pedido de doação foi compartilhado centenas de vezes.

“Precisamos nos unir e ajuda lá de alguma forma. Pois ela, a vida inteira, viveu para a caridade, benzendo as criancinhas e enfermos, e nunca pediu nada em troca”, traz uma das postagens. Além de roupas, a família pede móveis, eletrodomésticos e alimentos.

Os interessados em ajudar podem entrar em contato através do telefone (14) 3262-2272. As doações também podem ser encaminhadas à Escola Estadual João Batista Ribeiro, que fica na avenida Major Gasparino de Quadros, 90, Jardim Santa Terezinha.

Divulgação
Além de móveis, família que morava na residência perdeu colchões e roupas