Bauru e grande região

Regional

Municípios da região lançarão hoje projeto de turismo fluvial no rio Tietê

Reunião está marcada para as 15h no gabinete do prefeito Marcos Bilancieri e expectativa é de que representantes de todas cidades compareçam

13/02/2017 - 07h00

4toques comunicação 
Além de Boraceia, inicialmente irão participar do projeto, Pederneiras, Itapuí, Macatuba, Arealva, Iacanga, Bariri, Itaju e Jaú

Boraceia - Um encontro de nove prefeitos da região será realizado hoje, em Boraceia (41 quilômetros de Bauru), para o lançamento de um projeto de turismo fluvial pelas águas do rio Tietê. A ideia é criar uma rota turística que passe por todos os municípios, sendo que, cada um, ofereça o que tem de melhor. A reunião está marcada para as 15h, no gabinete do prefeito Marcos Bilancieri (PSDB). A expectativa é que os prefeitos de todas as cidades compareçam ou enviem representantes.

Inicialmente irão participar do projeto, além de Boraceia, os municípios de Pederneiras, Itapuí, Macatuba, Arealva, Iacanga, Bariri, Itaju e Jaú. "Com o lançamento desse projeto, estamos plantando uma semente que diversificar a realidade econômica dessa região. Hoje, utilizamos as águas do rio Tietê para o transporte de cargas pela hidrovia e para a geração de energia através da hidrelétrica de Boraceia, mas o turismo ainda é pouco explorado e sabemos que dá certo. O município de Barra Bonita é um exemplo a ser seguido", afirma Bilancieri.

O prefeito explica que a ideia de um passeio de barco passando por esses municípios pode alavancar o turismo. Bilancieri cita o próprio município com a possibilidade da eclusagem e visita até a usina hidrelétrica. Cita Itaju com o turismo religioso. "Mais adiante, a poucos minutos de carro, temos Ibitinga, a Capital Nacional do bordado", lembra. O prefeito cita também Pederneiras e o seu potencial como porto intermodal. "Cada cidade tem algo a oferecer e, com certeza, incrementar essa fluvial pelo rio Tietê", completa.

De acordo com Bilancieri, a ideia é formular um projeto e apresentar ao Secretário de Turismo do Estad, Laércio Benko, que deverá visitar Bocaina no final de semana. "Estamos projetando a construção de um museu e um grande aquário para contar a história do rio Tietê. Vamos buscar os recursos no Governo do Estado para a execução dessa obra. A ideia é ter de um lado do aquário espécie de peixes que foram 'colocadas' nas águas do rio e do outro lado, as espécies de peixes nativas do Tietê", adianta.

Os prefeitos se mostraram animados com a ideia de desenvolver o turismo aproveitando as águas do rio Tietê. Além de diversificar a economia dos municípios, fortalecerá também a arrecadação.

"Essa rota fluvial de turismo pelo rio Tietê pode ser uma solução e alavanca para o crescimento dos municípios envolvidos", completa Bilancieri.