Bauru e grande região

Regional

Após prédio tremer, prefeitura de Marília é evacuada por servidores

Situação relatada por funcionários que estavam na parte mais alta do prédio nessa terça (21) de manhã pode ter relação com terremoto na Bolívia

por Lilian Grasiela

22/02/2017 - 07h00

Edio Junior/Jornal da Manhã
Secretário de Administração, José Alcides Faneco, conversa com servidores fora do prédio

Na manhã dessa terça-feira (21), funcionários que trabalham no 5º e 6º andares do prédio da Prefeitura de Marília (100 quilômetros de Bauru), que fica na rua Bahia, Centro, foram surpreendidos com leve tremor. Por precaução, o local foi evacuado. Vistorias feitas por bombeiros e técnicos não detectaram nenhum problema na estrutura.

O tremor foi sentido pelos servidores por volta das 11h. “Após o ocorrido, o prédio foi evacuado de forma calma e ordenada pelos servidores e pessoas que estavam no local e o Corpo de Bombeiros foi acionado. Em vistoria realizada no prédio pelo Corpo de Bombeiros, nada foi constatado”, disse a prefeitura por meio da assessoria de imprensa.

“No período da tarde, o prédio foi vistoriado novamente por equipe especializada e nenhuma irregularidade foi encontrada”. Para que a avaliação fosse realizada, os serviços públicos tiveram que ser suspensos e os servidores foram dispensados. Segundo o Executivo, o atendimento no prédio será retomado normalmente nesta quarta-feira (22).

Nessa terça (21), também foram registrados tremores de terra na Bolívia e na Argentina. “Não se sabe ainda se existe ligação desses terremotos com o tremor na Prefeitura de Marília”, informou a assessoria de imprensa. Em Passo Fundo, no Rio Grande do Sul, pessoas que estavam em um hospital sentiram um tremor pela manhã e o prédio também foi evacuado.