Bauru e grande região

Regional

Prefeitura inicia obra em ponte arrastada pela chuva em 2010

Estrutura sobre o córrego do Curralinho, na zona rural de Bocaina, será construída por meio de um convênio entre o Estado e o município

por Lilian Grasiela

09/02/2019 - 07h00

Prefeitura de Bocaina/Divulgação
Estrutura de concreto arrastada pela chuva havia sido colocada provisoriamente no local

Bocaina - A Prefeitura de Bocaina (69 quilômetros de Bauru) iniciou a construção de uma nova ponte sobre o córrego do Curralinho, na Estrada Municipal BOC-179, nas imediações da Fazenda Juriti. A estrutura que existia no local foi arrastada pelas fortes chuvas de 2010 e uma obra provisória foi realizada em 2018 para minimizar os prejuízos aos usuários do trecho.

Segundo o Executivo, a reconstrução da ponte foi aprovada através da assinatura de um convênio entre o município e a Casa Civil do Governo do Estado de São Paulo, após apresentação de plano de trabalho para restauração completa da estrutura.

A empresa vencedora da licitação já retirou a estrutura de concreto e está fazendo a limpeza para que a construção e implantação de novas pilastras para sustentação da ponte ocorram dentro do cronograma proposto pela Diretoria de Infraestrutura e Mobilidade Urbana.

A prefeitura lembra que, no ano passado, uma equipe do Departamento de Obras, em parceria com uma usina do município, recolocou a parte arrastada da ponte sobre as pilastras que permaneceram ao longo do córrego apenas como ação paliativa.

Segundo o prefeito Marco Antônio Giro, o Pipoca, a reconstrução da estrutura era esperada por produtores rurais e moradores. "Foram mais de 8 anos aguardando que algo pudesse ser feito pelos moradores e produtores daquela região do Curralinho", declara.

"Boa parte da produção rural passa por este local e, desde 2010, estavam prejudicadas, pois um grande desvio até a fazenda Taboca era utilizado para o escoamento da produção, trazendo um transtorno de pouco mais de 25 km em aumento no percurso de caminhões e veículos de transporte escolar e da saúde".

Prefeitura de Bocaina/Divulgação
Empresa limpa o local para colocar as pilastras de sustentação