Bauru e grande região

Regional

Com nova concessão, região 'ganha' mais quatro pedágios

Minuta do contrato prevê a instalação de duas praças na SP 294, em Piratininga e Vera Cruz; e duas na SP 304, em Dois Córregos e São Pedro

por Lilian Grasiela

21/02/2019 - 07h00

Douglas Reis
Rodovia Bauru-Marília deverá ganhar duas praças de pedágio, em Piratininga e Vera Cruz

Com a concessão de 1.201 quilômetros de rodovias entre Piracicaba e Panorama, na divisa com o Mato Grosso do Sul, anunciada semana passada pelo governador João Doria (PSDB), a região deverá "ganhar" quatro novas praças de pedágio - duas na SP 294, a Bauru-Marília, e duas na SP 304, no trecho que vai de Jaú até São Pedro.

A minuta do contrato disponibilizada pela Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp) em seu site prevê a instalação de cabines de cobrança de pedágio nos quilômetros 259 e 212 da SP-304, em Dois Córregos e São Pedro, respectivamente, e nos quilômetros 362 e 428 da SP 294, em Piratininga e Vera Cruz, respectivamente.

Em nota, a Artesp informou que a concessão do lote "Piracicaba - Panorama" contempla 1.201 quilômetros de pistas que receberão cerca de R$ 9 bilhões em investimentos em obras de ampliação e modernização.

Segundo o órgão, o projeto está em fase de consulta pública e a sociedade poderá apresentar sugestões até o dia 20 de março.

"Até publicação do edital, todas as contribuições serão analisadas para que o projeto possa ser adequado, conforme viabilidade. Assim, os locais de praças que constam nos documentos da consulta pública são propostas preliminares e só serão definitivas com a publicação do edital após as contribuições recebidas em audiências e consulta pública", diz.

"Cabe destacar, ainda, que o edital de concessão prevê desconto de 5% na tarifa de pedágio para os usuários que optarem pelo pagamento automático (nas pistas de pedágio automático), além da previsão de descontos para usuários frequentes da rodovia". As minutas de edital e contrato podem ser consultadas através do link https://go.shr.lc/2SIeXLn

OBRAS

Entre as obras de melhoria previstas para a Rodovia Comandante João Ribeiro de Barros (SP 294), estão 114 quilômetros de duplicações em trechos entre Parapuã e Panorama/Paulicéia, além de oito quilômetros de vias marginais no trecho de Bauru e implantação dos contornos de Paulópolis e Pompéia.

AS RODOVIAS

O novo lote é composto pela malha de 218 quilômetros atualmente operada pela Centrovias, do Grupo Arteris, cujo contrato vence este ano, além de 983 quilômetros operados pelo DER. O trecho hoje operado pela Centrovias engloba a SP-310, do quilômetro 227,8 (São Carlos) ao 153,25 (Cordeirópolis), e a SP-225, do quilômetro 235,04 (Bauru) ao 91,43 (Itirapina).

Já as rodovias sob responsabilidade do DER que passarão a ser administradas pela iniciativa privada são a SP-284, do quilômetro 447,238 (Assis) ao 550,53 (Martinópolis); a SP-293, do quilômetro 0,1 (Cabrália Paulista) ao 24,85 (Duartina); a SP-294, do quilômetro 347,03 (Bauru) ao 451,7 (Marília) e do quilômetro 458 (Marília) ao 685,3 (Panorama); a SP-331, do quilômetro 165 (Gália) ao 206,532 (Ocauçu); a SP-425, do quilômetro 374,35 (Parapuã) ao 450,3 (Presidente Prudente); a SP-261, do quilômetro 150,6 (Pederneiras) ao 183,65 (Bariri); a SP-304, do quilômetro 168,512 (Piracicaba) ao 293,91 (Jaú); a SP-308, do quilômetro 173,622 (Piracicaba) ao 194,2 (Charqueada); a SP-197, do quilômetro 0 (Brotas) ao 20,02 (Torrinha); e a SP-191, do quilômetro 74,72 (Rio Claro) ao 115,61 (São Pedro).