Bauru e grande região

Regional

Agudos: Briga por pipa termina em morte

Autor do homicídio, de 19 anos, se apresentou na tarde dessa terça (25) à Polícia Civil; as diligências prosseguem para tentar encontrar a arma do crime

por Ana Beatriz Garcia e Lilian Grasiela

25/06/2019 - 09h20

Reprodução/Facebook
Victor Finatti Natalini, 16 anos, foi atingido por disparo no abdômen

Agudos - Um adolescente de 16 anos foi baleado no abdômen na tarde dessa segunda-feira (24), em Agudos (13 quilômetros de Bauru), durante discussão motivada por pipa. Ele chegou a ser socorrido, mas morreu no final da noite em um hospital de Bauru. O autor do disparo, de 19 anos, apresentou-se nessa terça-feira (25) na delegacia, acompanhado de um advogado. A Polícia Civil informou que irá representar pela prisão preventiva dele.

O fato ocorreu por volta das 17h30, na rua 1, no Jardim Danúbio. Segundo o delegado Cristiano Manfio Cardarelli, responsável pelas investigações, o autor G.M.C.A. (apenas as iniciais foram divulgadas por ele pelo fato de não ter ocorrido flagrante) e a vítima Victor Gabriel Finatti Natalini estavam no local, onde um grupo de jovens soltava pipa, quando teve início discussão motivada pelo corte de linhas de pipa por cerol.

"A vítima, na verdade, tomou partido da discussão que o autor teve com um amigo dela. Esse amigo da vítima teria cortado a pipa do autor", revela. "O autor já estava dentro do carro com mais três amigos, aguardando para sair do local, quando chegou a vítima, eles discutiram novamente e a vítima começou a agredir o autor, que estava dentro do carro. Depois, a vítima apontou uma arma para a cabeça dele".

O delegado conta que a mesma versão foi dada por todas as testemunhas, inclusive os amigos de Natalini. "Nesse momento, o autor conseguiu abrir a porta e fez a vítima derrubar a arma no chão. Entraram em luta corporal e, mesmo em luta corporal, o autor conseguiu pegar a arma. Como, segundo ele, tinha amigos da vítima vindo na direção dele para agredi-lo também, inclusive a própria vítima, ele efetuou dois disparos".

Na sequência, o jovem deixou o local em seu carro. Até o fechamento desta edição, a arma não havia sido localizada. Atingido no abdômen por, pelo menos, um disparo, o adolescente foi levado por populares até a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) local. Ele chegou a ser transferido para o Hospital de Base (HB) em Bauru, mas morreu por volta das 22h15. O sepultamento ocorreu nessa terça-feira (25), às 17h, no Cemitério de Agudos.

INVESTIGAÇÕES

De acordo com Cardarelli, o autor do crime se apresentou nessa terça-feira (25) à tarde na delegacia. Por não ter ocorrido o flagrante, ele foi ouvido e liberado, mas irá responder por homicídio qualificado (motivo fútil). "Nós vamos pedir a preventiva dele", diz.

"A legítima defesa iria até o momento em que o autor desarmou a vítima. Como ele insistiu e continuou na conduta dele, pegou a arma e efetuou os disparos, ele se excedeu".

Além de aguardar laudos da perícia no local e do IML, o delegado explica que dará sequência às diligências para tentar encontrar a arma do crime que, segundo ele, seria um revólver calibre 22.

Ler matéria completa